A Urbanização de Curitiba (Urbs) divulgou nesta quarta-feira (14) que o movimento de passageiros na rodoviária da capital teve crescimento de 33% no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando 2 milhões de passageiros. É um início de recuperação após um ano em que o terminal registrou redução de 55% no fluxo por conta da pandemia de Covid-19: segundo a Urbs, em 2020, 2,7 milhões de pessoas passaram pela Rodoviária de Curitiba, enquanto no ano retrasado o movimento havia sido de 6,1 milhões de passageiros.

LEIA TAMBÉM:

>> Planos de saúde terão desconto de 8,19%. Advogada explica quem terá redução!

>> Ferry Boat quebra durante a travessia e fica à deriva por 45 minutos em Guaratuba

A administração do terminal projeta que, com a vacinação contra a Covid-19, a aceleração se intensifique no segundo semestre, com feriados e as comemorações de fim de ano.

A Urbs destacou que, desde o início da pandemia, foram adotadas várias medidas de prevenção na Rodoviária de Curitiba, como a retirada dos bebedouros, instalação de 24 dispensers de álcool em gel, orientações pelo sistema de som e instalação de adesivos estipulando o distanciamento, em frente aos guichês de venda de passagens e nas poltronas de espera.