Um crime de maus-tratos contra animais que aconteceu em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, está sendo investigado pela Polícia Civil. Uma cadela, que se chama Rebeca, ficou ferida com a explosão de um rojão dentro da boca e foi socorrida pela ONG Força Animal, logo nas primeiras horas da manhã de sexta-feira (1º).

A ONG recebeu a informação por meio de uma denúncia anônima, dizendo que o animal tinha mordido o rojão durante a madrugada, por volta das 3 horas da manhã. Porém, a entidade encontrou indícios de crime.

LEIA TAMBÉMFogos de artifício geram mais de 200 reclamações em Curitiba na virada do ano

A cadela foi encaminhada para uma clínica veterinária. De acordo com a Força Animal, a bomba teria sido amarrada na boca do animal. “A situação da bomba amarrada foi confirmada pela equipe veterinária que, na limpeza, retirou barbantes… não é possível isso”, disse a presidente da ONG, Danielly Savi, em postagem no Facebook.

Ainda segundo Danielly, a Rebeca foi tratada mas segue em estado grave, com a perda da mandíbula e inchaço e esfarelamento na língua. “Isso terá consequências para o resto da vida dela. Nem 24 horas do primeiro dia de 2021 se passaram e estamos cansadas de tanta maldade”, desabafou.

O caso da Rebeca é investigado pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente da Polícia Civil.