Logo após roubar um carro no Cajuru, o servente David Willian Pereira Gebert, 20 anos, foi baleado e morto por desconhecidos, no Uberaba, no início da madrugada de ontem.

Ele estava acompanhado de um adolescente, que conseguiu escapar dos tiros, mas foi apreendido minutos depois, pela polícia, com um revólver calibre 38 e o aparelho de CD levado do veículo. Os assassinos não foram localizados.

Investigadores da Delegacia de Homicídios apuraram que David e o adolescente praticaram roubaram um Palio, na Rua Luiz Visinoni, Jardim Acrópole. Porém, o veículo possuía sistema de segurança, que bloqueou o combustível a poucas quadras dali. Obrigados a descer do carro, os assaltantes arrancaram o aparelho de som e fugiram a pé.

Cercados

Eles atravessaram a BR-277, e entraram no Uberaba, pela Rua Deputado Tenório Cavalcanti, próximo à estação da Sanepar, onde foram abordados por indivíduos, também armados, em um Peugeot vermelho. Houve troca de tiros e David foi baleado na boca, nas nádegas e nas costas.

O adolescente fugiu e se escondeu no pátio de uma escola, nas proximidades. Porém, foi localizado e apreendido por policiais militares da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone). Ele estava com um revólver calibre 38 e o aparelho roubado do Palio e foi encaminhado à Delegacia do Adolescente.

A Delegacia de Homicídios ainda não sabe quem estava no Peugeot vermelho. O superintendente Odimar Klein informou que a polícia deverá ouvir o adolescente e a vítima do assalto. A hipótese de vingança não foi descartada.