O aumento no número de carros e motos em Curitiba trouxe impactos também no número de acidentes de trânsito. Com 18 mil veículos a mais circulando pela capital paranaense em relação a 2018, o ano de 2019 registrou 2.993 acidentes somente entre os meses de janeiro e junho, de acordo com dados do Batalhão de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar — um aumento de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado. E a Avenida Marechal Floriano Peixoto segue sendo a que mais concentra essas ocorrências.

+Leia também: Frentista é baleado após marginais tocarem o terror em assalto a posto

Ao longo de seus quase 12 quilômetros de extensão entre o Centro e o Boqueirão, a avenida teve 63 acidentes registrados nesses seis primeiros meses do ano. Em segundo lugar ficou a Avenida Comendador Franco, mais conhecida como Avenida das Torres, com 57 acidentes, seguida da Avenida Visconde de Guarapuava com 48 casos. De acordo com o BPTran, as três vias mantêm a liderança no ranking de acidentes em Curitiba justamente pela combinação de extensão e grande movimento em cada uma delas.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

“São motos, ônibus do transporte coletivo, táxis, motoristas de aplicativos de transporte privado disputando cada espaço com a ideia de perder o menor tempo possível no trânsito”, explica o porta-voz do BPTran, tenente Rafael Kowalski.

Motociclista morre na Linha Verde dias após completar 34 anos