Amigos e familiares estão à procura do gerente financeiro Fábio André Schuh Royer, de 42 anos, desaparecido desde esta segunda-feira (16), em Curitiba. A família já registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil e pede a ajuda para que se alguém tiver informações sobre seu paradeiro entrar em contato imediatamente pelo telefone (41) 9 8815027 ou diretamente pelo telefone da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), (41) 3360-1400 .

Fábio saiu de casa para ir à farmácia, no bairro Bacacheri, em Curitiba, para comprar um medicamento para o filho, mas desapareceu neste caminho sem deixar nenhum rastro que a família e a polícia pudessem detectar até o momento.

Esposa de Fábio, Florise Belezi Lima explica que o gerente financeiro voltou mais cedo do trabalho, porque não estava passando bem. Estava um pouco febril, quieto, até que tomou um antitérmico, melhorou e foi ajudar a esposa nos afazeres com a família.

Como seu filho precisa de uma bombinha de asma, que havia acabado, Fábio se ofereceu para ir à farmácia para comprá-la, enquanto a esposa cuidava das crianças em casa. Ele saiu por volta das 19h20. Como passou a demorar muito para voltar, Florise tentou rastrear o celular. Mas o aparelho estava desligado desde às 20h20 e a última visualização de Whats App foi às 19h24, ou seja, tão logo ele saiu de casa.

A esposa diz que Fábio não estava com nenhum problema de saúde aparente (físico ou psicológico) e que não seria do perfil dele desaparecer desta forma, deixando todos agoniados, inclusive os filhos, a quem conta histórias e joga videogame todas as noites.

Fábio saiu como carro da família, um Kwid cor de tijolo, placa BBZ-5324, vestindo calça jeans e camisa polo escura. O gerente financeiro – que trabalha numa loja de móveis no Batel – estava barbeado, pois fez a barba e o bigode pela manhã, antes de ir trabalhar. Ele é loiro, tem olhos azuis e tem 1,96 metro de altura.

Dois pesos, duas medidas!