O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Curitiba recebeu dez novas ambulâncias nesta quarta-feira (2). Com a entrega, a frota possui agora 22 veículos novos, adquiridos nos últimos 15 meses, representando uma renovação de 85% do total, que soma 26 ambulâncias.

Os veículos começarão a rodar nesta quinta-feira (3) e foram repassados pelo governo federal. O investimento nas dez ambulâncias foi de R$ 1,76 milhão, valor anunciado em março pelo então ministro da Saúde Ricardo Barros.

Em evento realizado no Hospital do Idoso Zilda Arns, no Pinheirinho, também nesta quarta-feira, a secretária Márcia Huçulak anunciou que o governo federal ainda vai repassar mais quatro ambulâncias para Curitiba. Desta forma, o Samu deve ficar com toda a frota renovada em breve.

A frota atual do Samu

Das 22 novas ambulâncias entregues para Curitiba, 19 foram cedidas pelo governo federal e três pelo governo estadual. Das 26 ambulâncias que compõem a frota do Samu, nove são de suporte avançado, 15 de suporte básico e duas de apoio ao Siate (sendo uma avançada e outra básica).

Também neste ano, a Prefeitura adquiriu, em parceria com o governo estadual, uma ambulância para o transporte sanitário de pacientes no Tatuquara.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, 22,01% da receita líquida do município foi investida em melhorias no atendimento nas unidades de saúde e nos hospitais da cidade em 2017.

O Samu faz cerca de 390 atendimentos por dia com uso de ambulâncias, um número 26% maior em relação ao início de 2017.