A Sanepar encerrou a captação de água da Pedreira Orleans, em Campo Magro, no fim de semana. Desde o início da operação, em julho, o volume de água retirado foi de 1.900.000 m3.

A operação, fundamental para o abastecimento de água durante o rodízio, permitiu a reposição de 150 litros por segundo na Barragem do Passaúna. Neste período, a água foi escoada no leito do rio e levou por um trecho de sete quilômetros, até o reservatório.

+ Leia também: Chuvas de Curitiba recuperam reservatórios da Sanepar após pior baixa da história

O diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Júlio Gonchorosky, lembra que ao longo do período da crise hídrica a empresa realizou mais de 20 ações complementares em busca de novas fontes para abastecer Curitiba e Região Metropolitana. “Estas ações já incorporaram ao Sistema de Abastecimento Integrado (SAIC) mais de quatro bilhões de litros de água”, diz.

+ Veja mais: Verão começa nesta segunda! Como será a estação mais quente do ano no PR?

Nos próximos meses a empresa inicia a captação na Barragem do Rio Verde, que pertence à Repar/Petrobras. A previsão é captar 200 litros de água por segundo que será levada à Barragem do Passaúna.