Após suspender a captação de água no Rio Iguaçu por uma suspeita de contaminação, a Sanepar informou no final da tarde desta terça-feira (15) que a estação de água voltou a funcionar e que o abastecimento deverá voltar ao normal para cerca de 900 mil pessoas que foram afetadas.

LEIA TAMBÉMSanepar suspende fornecimento em bairros de Curitiba e região após suspeita de contaminação

A companhia de abastecimento paralisou a captação de água no Rio Iguaçu depois de notar que a água não estava dentro dos parâmetros para ser tratada. A Sanepar informou em nota que ainda não sabe o que causou a possível contaminação na água, mas já se sabe que não se trata de uma substância tóxica.

O centro de testes da Sanepar realiza de hora em hora testes para verificar a qualidade do Rio Iguaçu, procedimento que é realizado normalmente. O Instituto Água e Terra (IAT), do governo do estado, encaminhou técnicos para verificar a qualidade da água na região com suspeita de contaminação e assim investigar se a contaminação deu-se pelo aumento de chuvas ou lançamento de poluentes por alguma empresa da região.