A Santa Casa de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, foi vendida após três tentativas frustradas em 2020 por R$ 9,1 milhões. De acordo com o leiloeiro responsável pela venda, Helcio Kronberg, da Kronberg Leilões, a compra foi feita por um grupo formado por vários hospitais que atendem o Sistema Único de Saúde (SUS).

O arrematante tem 180 dias para colocar o hospital em atividade, incluindo atendimento ao SUS e várias especialidades. A expectativa é que a nova administração do hospital disponibilize pelo menos 50 leitos de atendimento pelo SUS por no mínimo dez anos.

LEIA TAMBÉM –

A Santa Casa de Colombo foi fechada em 2017, após impasses envolvendo a prestação de contas com o município. O leilão foi determinado no ano passado pelo juiz da 1ª Vara Cível de Colombo. O hospital carregava uma dívida de R$ 6 milhões entre encargos, débitos trabalhistas, tributos e débitos com fornecedores e prestadores de serviços.