A construção de dois Ambulatórios Médicos de Especialidades (AME’s) na região metropolitana de Curitiba, um em Colombo e outro em São José dos Pinhais, foi anunciada na sexta-feira (13) pelo secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

O anúncio foi feito durante um seminário do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (Comesp). Os novos ambulatórios serão para atendimento das áreas norte e sul da Grande Curitiba. Não foi informada a data prevista para início ou término das obras.

LEIA TAMBÉM:

Curitiba vacina apenas gestantes e mães de bebês recém-nascidos nesta segunda

> Mais 240 mil vacinas contra covid-19 chegam ao Paraná; outras 311 mil doses devem vir nesta segunda

Segundo Beto Preto, a região metropolitana soma quase 2 milhões de paranaenses que precisam de atendimento especializado. “Atualmente, cerca de 10 mil atendimentos são realizados por mês para esta população. O governador Ratinho Junior decidiu pela proposta dos AME’s como política pública de saúde, para que essas duas novas unidades ofertem até 30 mil consultas por mês, triplicando o serviço que já está disponível”, afirmou o secretário.

Beto Preto informou que os terrenos onde serão construídos os ambulatórios já estão disponíveis. “Os espaços físicos já foram doados pelas respectivas prefeituras e agora estamos trabalhando nesses projetos de maneira muito séria, para que essa ideia saia do papel e beneficie a população da região metropolitana”. 

Vacinação

Ainda no congresso da Comesp, Beto Preto falou sobre os números da vacinação no Paraná e os índices que o estado tem atingido. “Já mandamos vacinas suficientes para atender mais de 80% da população adulta do Paraná com ao menos uma dose ou dose única, e agora atingimos mais de 77% deste público. Acreditamos que dentro de alguns dias, iremos cumprir com a nossa proposta de vacinar 80% da população acima de 18 anos com pelo menos uma dose”, disse. 

LEIA MAIS – Vacina da Pfizer terá segunda dose aplicada em intervalo de 21 dias a partir de setembro

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, que participava do evento, disse que o objetivo de se vacinar o público de 18 anos até setembro tem tudo para ser cumprido no Paraná. “Parabenizo ao Governo do Estado pelo trabalho na pandemia, e reforço e asseguro que essa equipe tem nos apoiado a todo o momento. Obrigado por essa parceria com Curitiba, a vacinação está indo bem e tenho certeza que o cronograma será cumprido atingindo o público de 18 anos até setembro”.

Ambulatórios

Os AME’s são Pontos de Atenção Secundário Ambulatorial da Rede de Atenção à Saúde composto por equipe multiprofissional especializada, destinada a atender os usuários com condições complexas ou muito complexas, desenvolvendo suas quatro funções: assistencial, educacional, supervisional e de pesquisa.

O AME vincula-se às equipes da Atenção Primária à Saúde – APS dos municípios de uma região, ou território definido, tornando os dois níveis de atenção, progressivamente, em um único microssistema clínico, garantindo uma atenção contínua e integrada, disponibilizando atendimento por equipe multiprofissional especializada e por serviços de apoio e diagnóstico nas Linhas de Cuidado e Especialidades prioritárias do estado.

Essas unidades ambulatoriais serão gerenciadas pelos Consórcios Intermunicipais de Saúde, visando otimizar e potencializar os recursos estaduais e municipais, e fortalecer a regionalização das ações de saúde.

Web Stories

Pega Pega

Treta! Nelito dá um soco em Julio por causa de Cíntia

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Lindas!

Cinco árvores exóticas e raras de Curitiba