Contrariando a péssima fama que Curitiba e região metropolitana tem de não conseguir visualizar quase nenhum fenômeno astronômico, a noite deste domingo/madrugada de segunda reservaram uma grata surpresa. Com céu praticamente limpo o eclipse total da chamada “lua de sangue” pôde ser visto por quem resolveu “corujar” na noite fria da capital.

A sombra da Terra cobriu a Lua por completo. Um eclipse lunar ocorre quando a Lua adentra à sombra a Terra, acontecendo no exato momento em que o Sol, a Terra e a Lua ficam alinhados. Um outro eclipse lunar total tão grandioso como esse, só poderá ser observado no Brasil em 14 de março de 2025.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Parque da Ciência (@parquedaciencia)

No Paraná, o eclipse começou às 22h32, quando a Lua começará a perder o seu brilho de maneira sútil e isso levou quase uma hora. Às 23h27 começou a fase parcial, quando a Lua começa a entrar na umbra (parte mais escura da sombra da Terra), gradualmente ela foi sendo coberta, passo a passo, até meia noite e meia, quando o eclipse se tornou “total”.

As fotos desta matéria são de Rodrigo Cunha na cidade de Colombo.

Foto: Rodrigo Cunha
Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.