Começa nesta sexta-feira (05), em Curitiba, a segunda aplicação da vacina contra a covid-19 em idosos que foram imunizados com a primeira dose. O reforço da vacina será feito por escalonamento de idade, começando pelos idosos de 95 anos ou mais. Não será necessário agendamento.

+Viu essa? Fila gigante de carros é registrada no drive-thru do Parque Barigui, em Curitiba

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde é necessário que os familiares dos idosos incluídos nesta etapa os levem ao mesmo local onde receberam a primeira. “É muito importante que esse cronograma seja seguido, para evitar aglomerações e garantir o prazo adequado da aplicação da segunda dose”, explica a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

O cronograma de aplicação da segunda dose continua na segunda-feira (8) para pessoas com 93 anos ou mais; na terça-feira (9) os idosos de 90 anos ou mais; na quarta-feira (10) a imunização será para pessoas de 89 anos ou mais; na quinta-feira (11) a vacinação é para pessoas 88 ou mais e na sexta-feira (12/3) é a vez das pessoas com 87 anos ou mais.

O escalonamento continua na semana seguinte: na segunda-feira (15/) serão imunizadas com a segunda dose pessoas de 86 anos ou mais e na terça-feira (16) a vacinação será para idosos de 85 anos ou mais. A partir dessa faixa etária a imunização passou a ser realizada com o imunizante da AstraZeneca que tem maior prazo para aplicação da segunda dose.

No dia, o idoso deve apresentar um documento de identificação com foto, CPF e a carteirinha recebida na primeira dose. Os idosos acamados receberão a segunda dose nas suas residências dentro do prazo estabelecida para a segunda aplicação, que é entre 21 e 28 dias a contar da primeira dose.

Atenção!

A prefeitura alertou para que idosos que tenham sido imunizados fora do cronograma de aplicação da primeira dose deverão atentar para o intervalo entre a primeira e a segunda dose que deve ser de no mínimo 21 dias e no máximo 28 dias para aplicação da segunda dose.

Cronograma da segunda dose para idosos

  • 95 anos ou mais: sexta-feira, 5 de março
  • 93 anos ou mais: segunda-feira, 8 de março
  • 90 anos ou mais: terça-feira, 9 de março
  • 89 anos ou mais: quarta-feira, 10 de março
  • 88 anos ou mais: quinta-feira, 11 de março
  • 87 anos ou mais: sexta-feira, 12 de março
  • 86 anos ou mais: segunda-feira, 15 de março
  • 85 anos ou mais: terça-feira, 16 de março


Locais fixos de vacinação

Das 8h às 17h
1 – Pavilhão da Cura
Parque Barigui
2 – Unidade de Saúde Salvador Allende
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 –  Sítio Cercado
3 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 724 – Abranches
4 – US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão
5 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru
6 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho
7- US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo
8 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade
9 – Clube da Gente CIC
R. Hilda Cadilhe de Oliveira
10 – Rua da Cidadania do Tatuquara
R. Olivardo Konoroski Bueno, s/n
11 – Rua da Cidadania do Fazendinha
Rua Carlos Klemtz, 1700

DRIVE-THRU

Das 9h às 16h
1 – Pavilhão da Cura – Parque Barigui (entrada somente pela BR-277)
2 – Estacionamento do Santuário Nossa Senhora do Carmo – Boqueirão (entrada será feita exclusivamente pelo segundo portão do estacionamento, pela Rua Frederico Mauer)
3 – Paróquia Santo Antônio – Boa Vista (entrada única pela Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller)

Vacinação interrompida

A prefeitura informou ainda que idosos de 85 anos e mais tiveram duas datas de aplicação da primeira dose. Entram nesse cronograma da segunda dose aqueles que receberam a vacina no dia 19.

Naquele dia, a vacinação foi interrompida ao meio-dia por falta de envio de novas doses pelo Ministério da Saúde. Portanto, esta semana, na retomada da vacinação, idosos de 85 anos e mais foram imunizados no dia 1/3. Esses não devem tomar a segunda dose agora, nesse cronograma que está sendo anunciado. A partir dessa faixa etária a imunização passou a ser realizada com o imunizante da AstraZeneca que tem maior prazo para aplicação da segunda dose.