Presentes, produtos para preparar a ceia, roupas e acessórios para compor o look da festa em família e muito mais. Isso é o que encontra quem vai à Rua da Cidadania da Matriz – o centro comercial e de serviços públicos da Prefeitura que, há 24 anos, está aberto na Praça Rui Barbosa para receber gerações de curitibanos e turistas. São tantas opções com preço justo que vale a pena garimpar um presente de Natal para a pessoa querida, não ficando apenas nas mensagens de Natal.

São cerca de 400 boxes, quiosques e lojas da parte interna (Mercado Central) e externa (Centro Comercial Rui Barbosa). Até o final do mês, todos atendem em horário ampliado. Com foco na retomada dos negócios depois da fase mais dura da pandemia do novo coronavírus, a meta é facilitar a vida dos diferentes perfis de consumidores, que terão mais tempo para pesquisar e comprar, além de melhorar a renda dos comerciantes.

Leia mais! Policiais encontram material chocante junto com grupo nazista do Paraná

“É um lugar completo, diversificado e fácil de chegar e virar cliente”, diz a administradora regional da Matriz, Rafaela Lupion. Para o responsável comercial da Urbs na área, Elias Techy, também merecem destaque os preços e a qualidade dos produtos.

Comodidade e praticidade

Se o consumidor está a pé ou de carro, não tem desculpa para não escolher a Rua da Cidadania da Matriz. O terminal de ônibus fica ao lado, com linhas que oferecem conexões, e há pontos de táxi no entorno. No subsolo fica o estacionamento particular, com 180 vagas.

E se as compras demorarem, o local tem banheiros e área de alimentação com lanchonete e sorveteria. Assim, sem pressa, também dá tempo de passar num dos salões de beleza do local e, da pet shop, voltar para casa levando a ração preferida ou um presente para o animalzinho de estimação.

+Viu essa? Porsche apreendido em operação contra “trafigata” vira viatura em Curitiba

Tradição e contemporaneidade

Exemplos da variedade de produtos oferecida pelos comerciantes não faltam. É o caso de Esoraide da Silva e Anderson Alves dos Santos. Em comum eles têm os 24 anos vendendo no local e o público – fiel mas bem diferente um do outro.

Ela faz as tradicionais roupinhas de lã para bebês e também vende chinelos feitos à mão, sob encomenda, enquanto ele é o responsável por uma espécie de sebo de jogos eletrônicos. “Tenho clientes de muitos anos, que voltam sempre”, conta. No quiosque de Anderson é possível encontrar desde games analógicos até tecnologias mais recentes.

+Receitas! Cerveja no Natal e Ano Novo? Veja dicas pra harmonizar com peru, pernil, rabanada e mais pratos

O mundo da tecnologia também é a especialidade de Sandro Reikdal, que trocou a banca de frutas pelo box especializado em produtos eletrônicos e presentes. É ali – num ambiente em que é possível entrar, pesquisar e escolher com calma – que ele recebe os clientes. No destaque da foto, os ring lights, ou lâmpadas no formato de anel perfeitas para iluminação para vídeos de redes sociais.

Sandro Reikdal, que trocou a banca de frutas pelo box especializado em produtos eletrônicos e presentes.
Sandro Reikdal, que trocou a banca de frutas pelo box especializado em produtos eletrônicos e presentes.

Hedi Espíndola aguarda os compradores com variados modelos de chapéus para todas as ocasiões e bonés, para adultos e crianças. Perto dela, é possível completar a produção no box de Dejanilton de Almeida Ribeiro, que oferece diversos modelos de óculos de sol e carteiras.

No espaço administrado pelo ex-feirante Maurício Rodrigues da Costa, o foco continua sendo a boa alimentação. Seus clientes encontram itens como frutas secas, temperos, especiarias e mel, indicados para o preparo da ceia.  

As compras para o jantar especial podem se completar perto dali, na padaria, no açougue, no Sacolão  e – para quem tem cadastro – no Armazém da Família que também funcionam no Mercado Central e na lojas e quiosques do centro comercial que se abrem para a praça e para as ruas Desembargador Westphalen e André de Barros.

Loja do sr Hedi Espíndola tem belos chapéus para presentar quem anda queimando a cabeça com o calor desta época do ano.
Loja do sr Hedi Espíndola tem belos chapéus para presentar quem anda queimando a cabeça com o calor desta época do ano. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS.

Variedade e fidelização

Se o assunto é roupa, o box de João Luiz Rodrigues pode ter o que se procura. Apesar da estação do ano, é possível encontrar até itens de inverno como meia-calça e touca de lã. Vizinha de corredor do comerciante, Edeuzuíta da Silva Faria capricha na arrumação e na constante limpeza do box especializado em bijuterias e acessórios, higienizados após cada vez que são experimentados – para ela, diferenciais que fidelizam a clientela.

O técnico em segurança do trabalho Josimar Sampaio é um exemplo. Morador de Araucária, ele descobriu o ponto de venda há cerca de um ano e meio e retorna cada vez que precisa comprar presentes.  “A variedade de opções pra escolher, a simpatia e o empenho em atender bem fazem com que a gente volte. Nem todo lugar é assim”, opina.

O objetivo é o mesmo de Valmeri Teixeira e Gil César de Oliveira, que mantêm boxes de presentes e variedades. Cada um cuida de um ponto comercial, cuja variedade de produtos se completa nos dois endereços. Casados há 6 anos, Val e Gil se conheceram na Rua da Cidadania. Otimistas, têm planos de ampliar os negócios por ali mesmo.

Serviço

Rua da Cidadania da Matriz

Praça Rui Barbosa, 101, Centro (É obrigatório o uso de máscara)

Comércio
De 13 a 17 (segunda a sexta-feira) – das 9h às 20h
Dia 18 (sábado) – das 9h às 19h
Dia 19 (domingo) – das 9h às 18h
De 20 a 23 (segunda a quinta-feira) – das 9h às 20h
Dia 24 (sexta-feira, véspera de Natal) – das 9h às 18h
Dia 25 (sábado de Natal) e 26 (domingo) – fechado
De 26 a 30 (segunda a quinta-feira entre Natal e Ano Novo) – das 9h às 19h
Dia 31 (sexta-feira, véspera de Ano Novo) – das 9h às 16h

Serviços públicos
Confira os horários aqui

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia