Curitiba é uma cidade que respira esporte. A capital paranaense abraça os adeptos de todas as modalidades desportivas como o skate, o ciclismo, a ginástica, o BMX e tantas outras atividades que aliam competição e saúde. A febre de 2021 que promete ficar é o beach tennis ou tênis de praia.

A lembrança é inevitável, pois quem nunca brincou de jogos de bets ou frescobol na praia? O sucesso do beach tennis (em cidades litorâneas ou não) tem essa relação sentimental, e virou uma excelente opção para quem quer melhorar o condicionamento físico. Além disso, o bolso agradece, pois não é preciso gastar com equipamentos.

+Viu essa? Youtubers de Curitiba fazem sucesso pelo Brasil todo! Veja os campeões de visualizações!

Para se ter ideia do tamanho do interesse que o esporte desperta entre os curitibanos, as quadras ou clubes estão cheias durante todo o dia. Aliás, tem condomínio que já estuda colocar um espaço aos moradores para essa prática ao lado do tradicional futebol.

Para especialistas do beach tennis, a explicação para essa febre de um esporte que chegou ao Brasil em 2008, no Rio de Janeiro, deve-se ao momento das pessoas que estão buscando com mais intensidades atividades ao ar livre. Clarice Menezes, uma das sócias da Win Esportes de Areia, complexo desportivo com 12 quadras poliesportivas e referência do esporte em Curitiba, a pandemia da Covid-19 alterou a forma de pensar dos alunos. “No pico da pandemia, as academias ficaram fechadas e as pessoas procuraram uma alternativa para manter os exercícios. O beach tennis é um esporte na areia e fácil entendimento. Crianças e idosos jogam juntos, é um esporte bem democrático”, comentou Clarice.

Boas energias e espaços públicos

Essa relação com a areia, liberdade e não ficar preso a um ambiente fechado com equipamentos pesados fez com que a empresária Giovanna Coelho procurasse o beach tennis. “Eu estava procurando um esporte que eu já tivesse uma relação. Fiz Tênis e estou curtindo o beach tennis. Traz uma boa energia e imagino que essa febre veio para ficar. As pessoas ficaram muito fechadas e querem uma atividade ao ar livre, com pé na areia”, reforçou a empresária que começou no esporte há quatro semanas na Vita Beach Sports.

+Leia mais! Após dois anos sem aumento, pra quanto vai a passagem de ônibus em Curitiba?

De olho com o crescimento da modalidade, a prefeitura de Curitiba pretende oferecer aulas gratuitas para 2022. Segundo a assessoria de imprensa, o projeto está no início e a ideia é levantar o número de interessados para fechar turmas com crianças e jovens de 6 a 17 anos no contra turno escolar pelo Projeto Escola + Esporte =10. As aulas ocorreriam no Parque Olímpico do Cajuru que conta com campos de futebol de areia, de rua e americano, quadra de futebol de salão, academia ao ar livre, paredes de escalada, área de treinamento de atletismo, um estádio municipal de beisebol e softbol, pista de caminhada, canchas de voleibol e pista olímpica de BMX.  

+Tempo! Pela 2ª vez na semana, chuva de granizo para o trânsito em BR perto de Curitiba

Inove Beach Sports

No Bacacheri uma nova opção para os praticantes de beach tennis. “Faz alguns dias que abrimos. Eu trabalho em um clube tradicional aqui de Curitiba, na área do tênis, e acabei vendo que estava crescendo muito o beach tennis. Pesquisamos um pouco antes da pandemia, procuramos um espaço para montar a academia e na pesquisa, o futevôlei e beach soccer também estavam crescendo. A ideia foi montar a arena para atender essas modalidades”, contou o proprietário Anderson Carvalho.

Ele contou que o movimento é crescente e que está trabalhando bastante na divulgação. “Ainda estamos no período de férias, compromissos, viagens, mas temos uma cartela de clientes bacana para o início de janeiro, aulas, locação, mensalistas”, revelou.

O esporte é bacana, pois pega público de todas as idades, crianças, senhoras, misto… e o mais legal é a interação. “Se você chegar aqui agora, dizer que não tem raquete, vamos te arrumar alguma”, disse Anderson.

+Viu essa? Havan quer instalar chuveiro de praia da marca em todo o litoral brasileiro. Você concorda?

O beach tennis é um misto de tênis, badminton, vôlei. A contagem de pontos é igual ao tênis, mas mudam algumas coisinhas na hora do jogo. A bola não pinga e existe apenas um saque. “A academia dispõe de bolinhas e raquetes, pro vôlei tem bola. Aulas para todas as modalidades, com aula experimental para quem nunca jogou. Mas é fácil de pegar o macete. São seis quadras. Consigo jogar o beach nas seis. Vôlei e futebol em duas.

A locação da quadra é 70 reais diurna e noturna 80. E tem também a modalidade day use. Você paga R$ 20 por pessoa e pode usar o dia todo, sempre que uma quadra estiver disponível. Mais informações pelo (41) 9 9129-0919.

Dicas para iniciantes

Clarice Menezes, da Win Esportes de Areia, deixa dicas para os leitores da Tribuna do Paraná que desejam começar no beach tennis. “Procure um profissional para aprender de maneira correta os fundamentos. As canchas fornecem a raquete e a bolinha, ou seja, não tem custo. Outra vantagem é que logo vai ter um grupo de amizades que se encontram para os jogos.  É um esporte interessante e apaixonante”, completou Clarice.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia