O site do Instituto Federal do Paraná (IFPR) segue fora do ar na manhã de sábado (11). Segundo a universidade, hackers invadiram o sistema e afetaram dados internos. Equipes do setor de tecnologia do Ministério da Educação (MEC) trabalham para evitar novos danos e recuperar os sistemas invadidos. Além da página principal, as páginas dos 25 campi da UFPR em todo o estado também foram derrubadas.

Segundo a universidade, no fim da tarde de sexta-feira (10), o site foi invadido por hackers. O ataque afetou dados internos e parte dos arquivos foi recuperada na madrugada de sábado. A partir disso, o trabalho das equipes do IFPR começou ao lado de técnicos do MEC para reconstruir o sistema remoto.

O Instituto Federal do Paraná é uma instituição pública do governo federal. A instituição atua em 25 cidades do Paraná e conta com mais de 25 mil alunos.

Na sexta-feira (10) o site do Ministério da Saúde também foi atacado por hackers. Os criminosos exibiram um endereço para contato caso o governo queira o retorno dos dados, sugerindo o pagamento de um tipo de resgate, prática conhecida como “ransomware”. Outros portais administrados pela Saúde, como o ConecteSUS e o Portal Covid, também foram afetados e ficaram fora do ar.