As redes sociais do prefeito de Curitiba Rafael Greca (DEM) costumam ficar movimentadas quando ele faz postagens sobre obras em andamento na capital. No sábado (19), uma postagem no Facebook sobre a revitalização de uma ponte de madeira deu o que falar. Ao receber um comentário de um cidadão sobre a possibilidade de trocar a ponte e madeira por “uma ponte de chocolate”, que derreteria igual ao “asfalto novo” de Curitiba, Greca rebateu de imediato: “Sua afirmação é asneira”.

+Leia mais! Temporal que atingiu Curitiba derrubou árvores e alagou importantes avenidas. Vem mais chuva?

Não é de hoje que Greca costuma ganhar as páginas da Tribuna com seu jeito peculiar de participar das discussões na internet. Volta e meia, o prefeito solta pérolas que dão fim ao assunto em debate e recebem os emojis de aplausos dos internautas, ou com críticas. Clique no link e veja mais sobre Greca e suas respostas diretas.

+ Leia mais: Prefeito de Fazenda Rio Grande, Nassib Hammad, tem mandato cassado

Já no caso da postagem deste sábado, o prefeito escreveu que a ponte da Rua Aracaju, sobre o Córrego Teófilo Otoni, no Cajuru, está sendo refeita. Segundo o texto de Greca, “a estrutura viária de madeira – que faz a ligação da via entre as Ruas Florianópolis e Teófilo Otoni – recebeu 12 metros de novo tablado para requalificar a estrutura que estava desgastada pelo tempo. Após a mudança das pranchas faremos o acabamento no asfalto para nivelar a estrutura à via”, pontuou.

Aí, veio o comentário de criticando a ação da prefeitura. “Poderia fazer uma ponte de chocolate, igual o asfalto novo, basta fazer um sol que derrete tudo”, escreveu um cidadão. E o prefeito, logo, se defendeu. “Somente Verdades #fakeNewÉcrime. Sua afirmação é asneira. Nosso asfalto novo tem 9 cm de espessura, base e sub base”, disse Greca.

Outro comentário também ganhou uma resposta do prefeito. O internauta escreveu que “nos dias atuais fazer uma ponte de concreto sai mais barato que usar madeira de lei, sem contar a durabilidade, fazer pontes de madeira em parques é uma, ruas é obsoleto, antiquado, se fosse uma ponte de emergência. 

Greca não deixou por menos. “Não procede. As Pontes de madeira podem alagar e não represam os rios. As outras pedem estruturas de cabeceira mais complexas com grandes aterros. Informe-se”, deu de bate-pronto o prefeito.

Até por volta das 15h deste domingo (20), a postagem sobre a ponte contava com 257 curtidas, 79 comentários e 2 compartilhamentos. Além dos comentários com críticas, havia elogios e vários outros pedidos de realização de obras em outros bairros de Curitiba.

Prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM). Foto: Reprodução/Facebook.

Tretas nas redes

A mais recente confusão nas redes do prefeito Rafael Greca aconteceu quando um seguidor comparou o centro de Curitiba com a cracolândia, em São Paulo. Relembre aqui a discussão.

Outras discussões na internet

Essa não foi a primeira vez que o prefeito “discutiu” com internautas. Em janeiro, um vídeo que mostra a limpeza de uma pedra no Parque Tanguá foi motivo de farpas virtuais. “Mandei lavar e despichar uma pedra do Parque Tanguá, pichada por um incivil. Nada é pior do que destruir a paisagem natural, ainda que seja para escrever nomes. #XôTranquera”, disse Greca.

VIU ESSA? Greca rebate na lata seguidora que criticou vacinação contra covid-19 em crianças. “Ignorância mata”

Logo em seguida, vários seguidores comentaram a respeito da atitude do prefeito. Uns elogiaram e outros criticaram a atitude. Um usuário questionou Greca: “Mandei lavar? Você não manda, você apenas cumpriu atos administrativos. Você só executa, vereador legisla, e você executa pois é do Executivo. Estagiário está mandando demais. Ademais, há muito desperdício de água, pelo visto água potável. Se preocupa com moradores de rua, invista mais nas obras sociais, lavar pedrinhas para gringo ver”.

LEIA AINDA – Greca responde seguidora após foto de terminal lotado em Curitiba em pleno feriadão

Rafael Greca retrucou em seguida: “Você perdeu. Eu mando fazer. Sou eleito para tal. O Executivo sou eu, dentro das leis. Toda água de limpeza é de reuso ou de poços artesianos (temos 30). Nosso programa de obras públicas de 3 bilhões este ano é um dos maiores do Brasil”. O usuário deletou o comentário logo depois que o prefeito respondeu.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”