Alunos do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) em Curitiba tiveram as aulas suspensas nesta segunda (16) e terça-feira (17) por causa de suspeita de sarampo. Havia indícios de casos da doença entre pelo menos 5 dos cerca de 120 matriculados no curso, que funciona em uma sede à parte no bairro Boqueirão.

+Leia mais: Bebês devem ser vacinados contra o sarampo

O comunicado da suspensão das atividades foi publicado no site da instituição. Conforme a Unespar, a decisão de suspender as aulas foi tomada para que os estudantes pudessem usar o tempo para procurar uma unidade de saúde e se prevenir.

No restante da semana, os alunos já estariam fora do campus, em um seminário acadêmico. Como medida preventiva, a direção da Unespar cogita a possibilidade de uma campanha de vacinação para todos os alunos da universidade.

+Leia mais: Surto de sarampo em outros estados, principalmente SP, faz Paraná entrar em alerta

Sarampo em Curitiba

Depois de 21 anos sem nenhum caso da doença, Curitiba é a cidade do Paraná com o maior número de confirmações de sarampo até agora

Conforme boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) divulgado na terça-feira passada (10), a capital concentra 6 dos 9 diagnósticos já confirmados. Os outros três estão em Campina Grande do Sul – o primeiro detectado no Paraná neste novo contexto – , e Rolândia e Jacarezinho, no Norte do Paraná.

Todos se tratam de infecções contraídas fora, provavelmente em Santa Catarina e em São Paulo – estado que vive um surto da doença.

Curitiba pode passar a ter serviço de mototáxi caso projeto de lei seja aprovado