A polícia prendeu mais um suspeito de assaltar lotéricas em Curitiba e na região metropolitana. Juliano Dias, 21 anos, foi detido com um revólver calibre 38, com numeração raspada, em Pinhais. Somente nos últimos dias, quatro envolvidos em roubos a lotéricas foram colocados na cadeia.

O delegado Rodrigo Brown, da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) explicou que as polícias Civil e Militar trabalham em conjunto para localizar e prender esses criminosos.

Na tarde de quarta-feira, policiais do 17.º Batalhão flagraram Juliano com a arma e o prenderam em flagrante. O preso foi identificado como um dos autores do roubo a uma lotérica na Alameda Doutor Muricy, centro, na tarde de 16 de julho. Caso alguma vitima reconheça Juliano, deve telefonar para 3218-6100.

Outros

No fim do mês passado, os irmãos Lucas e Gilmar de Araújo Jambeiro, 19 e 22 anos, foram presos pela DFR em cumprimento de mandados de prisão. Eles foram identificados como assaltantes de lotérica, porque um dos irmãos deixou cair a carteira de motorista durante um roubo.

Além disso, as imagens do circuito de segurança mostram os irmãos praticando o crime. Dias depois, a polícia prendeu Sérgio de Souza Leal, 34, que confessou ser amigo dos irmãos Jambeiro.

Ele foi flagrado com um revólver calibre 38 e estava foragido da Colônia Penal Agrícola (CPA), onde cumpria pena por roubo e receptação. Porém, ele nega envolvimento em assalto a lotéricas.