A forte chuva que atingiu Curitiba e região metropolitana nesta tarde de sexta-feira (08) provocou transtornos, queda de árvore e falta de energia. Segundo informações da Copel, cerca de 120 mil unidades consumidoras ficaram sem luz. A queda de energia chegou a afetar o abastecimento de água em pelo menos dez bairros da região Sul (confira os bairros afetados abaixo).

Por causa da falta de energia, pacientes de algumas unidades de saúde de Curitiba tiveram problemas para serem atendidos. Na UPA Pinheirinho, a falta de energia prejudicou o atendimento de quem aguardava uma consulta. Quem estava na UPA disse que a triagem estava sendo feita pelo horário das pulseiras, gerando aglomeração e desorganização entre a equipe médica.

A SMS, porém, garantiu que quem precisava de atendimento naquele momento não deixou de receber. As UPAs têm geradores que mantém o atendimento normalmente aos pacientes dos eixos de urgência e emergência.

LEIA TAMBÉM:

>> Bairros de Curitiba ficam sem água nesta sexta para interligação de rede da Sanepar

>> Preço de alimentos pode variar até 100% entre supermercados de Curitiba

Quedas de árvore

Em pouco mais de duas horas, a Prefeitura de Curitiba registrou 22 solicitações para retiradas de árvores ou galhos de grande porte. De acordo com a Defesa Civil, 12 bairros foram afetados: Boa Vista, Boqueirão, Vila Isabel, Seminário, Água Verde, Mossunguê, Uberaba, Cidade Industrial, Capão Raso, Sítio Cercado, Santa Felicidade, Hauer.

Até o momento foram quatro as ocorrências para fornecimento emergencial de lona para residências que tiveram problemas na estrutura, nos bairros Taboão, CIC, Bairro Novo e Sítio Cercado.

Não há registro de pessoas feridas nem que precisaram deixar suas casas (desalojados ou desabrigados). As rajadas de vento atingiram 66 km/h e a precipitação acumulada foi de 3,6 mm, segundo o Simepar.

Alguns dos endereços que registraram queda de árvore:

  • Avenida Iguaçu, n° 1550 – Água Verde
  • Rua Dra. Otília dos Santos França, nº 84 – Cajuru
  • Rua Padre Devon, n° 1260 – Hauer
  • Avenida Manoel Ribas, n° 5.824 – Santa Felicidade
  • Rua Shirley Solange Mantovani, n° 1.032 – Cidade Industrial

Atendimentos

Equipes da Prefeitura estão em atendimento às situações. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Curitiba continua monitorando as situações e possibilidades de novas chuvas para eventual intervenção e acionamento dos órgãos competentes.

Bairros sem água

A Sanepar informa que as unidades de produção e distribuição Tatuquara e Caiuá, em Curitiba, ficaram sem energia nesta sexta-feira (08). A paralisação dos dois sistemas pode afetar o abastecimento nas regiões dos bairros Campo de Santana, CIC, Ganchinho, Pinheirinho, Sítio Cercado, Tatuquara, Umbará, Cidade Industrial, São Miguel e Augusta.

A previsão é que as unidades voltem a operar a partir das 19h. O abastecimento deve voltar à normalidade a partir da meia-noite e será de forma gradativa.

Só ficarão sem água os clientes que não têm caixa-d’água no imóvel. A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) orienta que todos possuam o reservatório e Sanepar sugere ele tenha pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

Central 156

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre estragos provocados pelo vendaval deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site (www.central156.org.br) ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 (alagamentos) e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão, que registra as solicitações para retiradas de árvore) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal – fornecimento de lona).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193 – resgate) e pela Copel (falta de luz).

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia