Deixou o hospital, na noite desta sexta-feira (27), a terceira pessoa que estava internada após o acidente envolvendo um motociclista na Avenida do Batel, em Curitiba, no dia 7 deste mês. Adriane Aparecida Melnik, de 38 anos, estava internada no Hospital da Cruz Vermelha.

Além de Adriane, o motociclista Leonardo de Magalhães Fonseca feriu outras duas pessoas no atropelamento, que foi flagrado por câmeras de segurança. Uma delas a pequena Laura de Sousa, de apenas oito anos, que recebeu alta também nesta semana. Laura chegou a ficar em coma induzido por vários dias. Além das duas, uma idosa de 88 anos também foi atingida no acidente, mas recebeu alta no mesmo dia.

Após ter alta do hospital, Leonardo se apresentou à Dedetran na manhã desta sexta-feira (13). Foto: Reprodução/G1
Leonardo responde em liberdade, mas segue monitorado por tornozeleira eletrônica.. Foto: Reprodução/G1

O acidente

O atropelamento em que Leonardo se envolveu causou grande comoção pela forma que aconteceu. O rapaz seguia de moto pela Avenida Batel, no começo de julho, quando, segundo a polícia, se perdeu ao empinar a moto que pilotava. Descontrolada, a motocicleta atingiu a criança e a mulher e destruiu um ponto de ônibus. Em entrevista à imprensa, a mãe do rapaz chorou e disse querer o bem de todos. Leonardo atualmente responde em liberdade, mas monitorado por tornozeleira eletrônica.

Mãe de motociclista que atropelou três no Batel chora em entrevista. “Quero o bem de todos”