Terminais de ônibus de Curitiba passam a contar com um termômetros para aferição da temperatura corporal dos passageiros e operadores, como medida de prevenção à covid-19. Serão instalados 43 aparelhos, até setembro, em 21 terminais da cidade. O termômetro funciona de forma rápida e aponta a temperatura em cinco segundos. Basta se posicionar em frente ao aparelho que a temperatura é revelada. Quem estiver com mais de 37,8ºC deve procurar assistência médica.

+Viu essa? Curitiba gelada nesta sexta-feira, mas sem neve. No Paraná, mínima foi de -2,8ºC. Veja imagens!

Segundo Urbs, empresa que gerencia o transporte público em Curitiba, o termômetro terá um alarme, com luzes vermelhas, que indicará temperaturas acima dos 37,8ºC. Além de buscar assistência médica, a pessoa que estiver com febre não deve embarcar nos coletivos.

Em princípio os terminais de maior circulação de pessoas (Pinheirinho, Santa Cândida, Capão Raso, Boqueirão e Cabral) receberão mais de um aparelho, evitando assim a formação de filas. Os terminais terão ainda dispensers de álcool gel.

A parceira segue com o Exército brasileiro que trabalha em parceria com a Urbs na sanitização especial dos ônibus com quaternário de amônio, feita durante três minutos logo após o desembarque dos passageiros e antes dos novos usuários entrarem.