Um torneio de futebol no Centro Esportivo Pompeia, no Tatuquara, acabou em assassinato, na tarde deste domingo (12). Times das vilas Pompeia e Ludovico disputavam uma partida quando um dos torcedores disparou contra Nilson Antônio Figueiredo, de 33 anos, que apoiava a equipe rival.

“Segundo as testemunhas, houve troca de provocações. Um dos torcedores foi para casa buscar um revólver, voltou e deu pelo menos três tiros contra a vítima, por volta das 15h30”, disse um policial militar do 13º batalhão, que atendeu a ocorrência, na esquina das ruas Delegado Bruno de Almeida e Antônio Zanon.

De acordo com ele, o autor do crime fugiu em uma Parati. Testemunhas anotaram a placa, mas o número não batia com o modelo de veículo informado. Joe Bonifácio, concunhado da vítima, estava muito pesaroso e disse que não é de hoje que havia desentendimentos entre as torcidas. “O Nilson era amigo dos jogadores do Real Madruga e vinha ver eles jogarem. Matar por causa de futebol, com cinco tiros pelas costas…”, lamentou.

Como não há autoria oficial, o crime será investigado pelas Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nilson era morador da Vila Pompeia e deixa esposa.