Um homem que caiu de uma escada de alumínio, enquanto pintava um portão na tarde desta quarta-feira (30), em Curitiba, precisou ser socorrido em estado grave pelo Siate. O acidente ocorreu na Rua Marechal Hermes, no Ahú, por volta das 13h30, dentro da garagem de uma residência. Quem encontrou o trabalhador caído foi uma mulher que passava pelo local e desconfiou do estado da vítima, que se encontrava caída próximo de um veículo. Ele corre risco de morte por causa de uma batida na cabeça.

+Leia também: Fumar em parques pode passar a ser proibido em Curitiba; entenda!

Os médicos conseguiram a reanimação. O trabalho de resgate durou quase 50 minutos, com o uso de desfibrilador e massagem cardíaca. A mulher que encontrou o homem é uma podóloga de
70 anos. Ela contou que bateu a campainha da casa para chamar alguém. “Veio uma senhora da casa e l, depois, também um vizinho. Eles disseram que tinham ligado para o socorro, mas eu também liguei e pedi que viessem rápido”, disse.

Segundo informações, o homem trabalhava na pintura de um portão de cerca de três metros de altura. A escada que usava era uma de armar, de alumínio. O homem é morador de uma casa na rua dos fundos da Marechal Hermes. A idade dele não foi confirmada, mas era de aproximadamente 60 anos. Ele foi encaminhado ao Hospital Cajuru.

Vazamento de esgoto causa mau cheiro e preocupa moradores e comerciantes em bairro nobre