O atendimento a trabalhadores e pessoas que precisam habilitar o seguro-desemprego volta a ser presencial a partir desta quarta-feira (29), em seis unidades municipais do Sistema Nacional de Emprego (Sines) de Curitiba. As unidades que serão reabertas são Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru, Fazendinha, Matriz e Tatuquara, que poderão receber trabalhadores das dez regionais da cidade. Mas de acordo com a Fundação de Ação Social (FAS), para evitar aglomerações, o agendamento prévio deve ser feito no site da prefeitura. O atendimento presencial nos postos estava suspenso desde o dia 23 de março. Todos os serviços oferecidos nos postos também podem ser acessados pela internet.

LEIA MAIS – Saque do auxílio emergencial de R$ 600 é liberado. Veja o calendário

Pela internet

De acordo com o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, o seguro-desemprego pode ser solicitado pela internet, pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, do Governo Federal. “Em casos de dúvida, as pessoas podem também entrar em contato pelo email: atendimentosine@curitiba.pr.gov.br, canal aberto pela FAS para orientar quem precisa dos nossos serviços”, orienta.

Já que preferir ir até um posto do Sine para ser atendido pessoalmente deve acessar o site da prefeitura de Curitiba e fazer seu agendamento. A agenda fica disponível de segunda-feira a sexta-feira, a partir das 8h30. O atendimento nas unidades será das 8h às 17h.

Prevenção ao coronavírus

A FAS informa que para prevenir a contaminação pelo novo coronavírus, somente o trabalhador com horário agendado poderá acessar o guichê de atendimento. Não serão permitidos acompanhantes. Como o atendimento será feito por agendamento, não deverão ocorrer filas.

LEIA AINDA – Ratinho Jr e secretários de Saúde isolados após contato com deputado com covid-19

Para aumentar a segurança, todos os servidores vão trabalhar com equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras laváveis, máscara-escudo facial, luvas, álcool em gel e líquido. E as pessoas que forem até as unidades municipais do Sine também deverão usar máscara, acessório de proteção exigido em locais públicos.