A prefeitura de Curitiba pretende reforçar as linhas de ônibus do transporte coletivo para atender a volta às aulas na rede municipal de ensino. A previsão do retorno escolar presencial é dia 18 de fevereiro. Segundo a Urbs, 19 linhas devem ter o número de ônibus aumentado e todas as linhas Expressas devem funcionar com 100% da capacidade nos picos da manhã, início e fim de tarde.

A decisão foi tomada porque a expectativa da Urbs é que entre 2 mil e 3 mil estudantes voltem a utilizar o transporte público na data de retorno.

+ Leia mais: Volta às aulas na rede municipal acontece nesta quinta-feira; veja protocolo sanitário

Antes da pandemia, o movimento diário de estudantes usando o transporte era de cerca de 14 mil por dia. “A rede municipal de ensino representava cerca de 40% desse movimento (5,6 mil). Mas como uma parte desses alunos vai permanecer com aulas remotas, a nossa estimativa é que cerca de até 3 mil voltem a usar os ônibus para se deslocar para as escolas todos os dias”, explica Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs, ao site da prefeitura.

Os primeiros dias de aulas, segundo Maia Neto, serão avaliados e se houver necessidade, poderão ser feitas novas adaptações, inclusive para o início do ano letivo na rede estadual, marcada para 1º de março.

A Urbs informa que  já monitora diariamente o fluxo de passageiros para fazer reforços quando a demanda supera o esperado. Os ônibus devem circular com 70% de ocupação e a recomendação da Urbs é que os estudantes saiam mais cedo das suas casas para evitar atrasos.

Linhas com reforço

– Alimentadoras: 778- Cotolengo; 777-Vila Velha; 709-Caiua; 721-Mário Jorge; 629 – Alto Boqueirão; 812-Montana; 815-Reforço Tuiuti; 207-Cabral-Osório; 211- Colina Verde.

– Expressas: 500-Ligeirão Boqueirão; 503-Boqueirão; 602-Circular sul (Anti-Horário; 502-Circular Sul ( Horário)e 603-Pinheirinho.

– Interbairros: 040-Interbairros IV; 050-Interbairros V; 021-Interbairros II e 022-Interbairros II, além do Linha Direta 700-Pinheirinho/Cabral.

Cartão Estudante

O cartão do estudante que estava suspenso na pandemia volta a funcionar com a volta às aulas. O passe escolar é um benefício para alunos matriculados em escolas de ensino regular fundamental, médio, técnico ou superior, residentes e estudantes em Curitiba. Aos alunos cadastrados, permite uma redução de 50% no valor da tarifa, com o direito a dois vales diários.

Transporte Escolar

Com a volta às aulas presenciais, os operadores de transporte escolar de Curitiba terão que respeitar os protocolos sanitários da covid-19. A Urbs determinou que as vans sigam a determinação da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) e que só possam circular com ocupação máxima de 50%. Anteriormente, esse limite estava em 70%. Ao todo são 937 vans na capital executando esse tipo de serviço.