Após despencar diversas vezes e até ferir turistas, os trapiches da Ilha do Mel serão finalmente reformados. Quinta-feira (28), o governo do estado assinou ordem de serviço para reforma do trapiche da praia de Nova Brasília e de Encantadas. O investimento será de R$ 9,5 milhõs da Portos do Paraná, com previsão de conclusão de sete meses.

Um dos principais pontos turísticos do Paraná, a Ilha do Mel sofre há anos com o descaso de sua infraestrutura de acesso. Em outubro de 2018, o Ministério Público abriu inquérito para investigar o descaso com a estrutura na praia de Brasília, onde uma turista teve um ferimento grave na perna, com 29 pontos, após cair no trapiche.

LEIA MAIS – Com preços acessíveis pra compra, aluguel de patinetes está ameaçado em Curitiba?

Só entre janeiro e junho de 2019, o trapiche de Brasília despencou quatro vezes. A primeira delas foi dois dias antes do ano novo, ápice do movimento de turistas na ilha. Em fevereiro do mesmo ano, a estrutura chegou a ser interditada pela Capitania dos Portos.

Em setembro de 2019, outro acidente grave: uma turista fraturou a perna após a escada de concreto do trapiche de Encantadas despencar e cair em cima dela.

O governador Ratinho Jr garante que as novas estruturas terão condições adequadas de acessibilidade. “São trapiches extremamente modernos, com segurança”, afirma o governador.

VEJA TAMBÉM – Curitiba tem terceiro caso suspeito de coronavírus. São seis no Paraná

Os trapiches atuais foram instalados há 20 anos. Além da idade, a maresia também danifica a estrutura. Os dois trapiches serão recuperados, reforçados e ampliados, com iluminação nova, rampas acessíveis, lixeiras, coberturas, entre outras benfeitorias. O sistema elétrico e de drenagem, além da sinalização, serão atualizados, dentro das normas da Capitania dos Portos.

Um dos objetivos da reforma dos trapiches é trazer mais turistas à Ilha do Mel. Inclusive de passageiros de cruzeiros, que neste ano voltaram a atracar no Porto de Paranaguá.