Um trecho complicado para quem precisa viajar sentido Santa Catarina, por meio da BR-376 e, principalmente, para quem circula diariamente pela região do bairro Colônia Muricy, em São José dos Pinhais, promete ganhar um viaduto. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), publicou a licitação para construção de um novo viaduto no cruzamento entre a Rua Joinville e a Alameda Bom Pastor, na região metropolitana de Curitiba.

+Viu essa? Sam´s Club inaugura mais uma nova unidade em Curitiba. Veja onde é!

O trecho é complicado por conta de dois sinaleiros em um curto espaço de rodovia, o que gera grandes congestionamentos tanto para quem está na rodovia quanto para quem circula pelo trecho urbano da cidade.

O investimento previsto para a obra é de R$ 44.986.938,24. O edital contempla também serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem e obras de arte correntes, contenções, sinalização e iluminação. O prazo de execução da obra é de 18 meses.

+Leia mais! Nova trincheira em Curitiba será inaugurada ainda em 2021, garante prefeitura

“A BR-376 é uma das principais ligações entre o Paraná e Santa Catarina, com um grande volume diário de carros e veículos de carga. Em São José dos Pinhais a rodovia praticamente corta o município ao meio, e a travessia para os condutores locais, nesse ponto, é feita por meio de um cruzamento com semáforos, o que resulta em congestionamentos e acidentes. A obra trará segurança para os moradores de São José dos Pinhais e garantirá um tráfego mais ágil para quem está apenas de passagem”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

As pistas de rolamento da BR-376 serão elevadas para a obra, com o acesso municipal sendo realizado pela passagem inferior desta nova interseção em desnível. “Os trabalhos vão começar pelas vias marginais, por onde o tráfego da rodovia depois será desviado para execução dos serviços na estrutura do viaduto. O projeto prevê grandes quantidade de dispositivos de drenagem e obras de arte corrente, bem como de contenção, com quatro muros de concreto nos taludes do novo viaduto”, disse o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

O Edital de licitação

As empresas interessadas devem protocolar suas propostas e documentos de habilitação no DER/PR, para cada lote em que forem participar, até 5 de janeiro de 2022. No dia seguinte, 6 de janeiro, às 15h, será a sessão de abertura de envelopes com propostas de preços dos dois lotes, em auditório do DER/PR em Curitiba, com transmissão ao vivo pela internet.

Essas propostas serão analisadas por comissão de julgamento, que publicará em Diário Oficial e no portal Compras Paraná uma classificação, já convocando as participantes para a sessão de abertura dos envelopes com documentos de habilitação.

Esta licitação acontece na modalidade Concorrência Pública, em que a vencedora é definida pela proposta de preço mais vantajosa para a administração pública, e por ter toda sua documentação habilitada.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”