Quem passa pela Avenida Visconde de Guarapuava, em Curitiba, deve planejar um caminho alternativo a partir de segunda-feira (29). Após troca de esfalto na pista do lado direito, agora o pavimento da pista da esquerda de uma das principais vias da capital, que liga o Alto da XV ao Batel, passando pelo Centro, vai ganhar novo asfalto.

São 2.170 metros de novo pavimento, com início na esquina com a Rua General Carneiro, no Centro, até o cruzamento com a Rua Desembargador Motta, no Batel.

LEIA TAMBÉM Ipês já colorem Curitiba, que pode ficar ainda mais florida nos próximos anos. Entenda!

No início do ano, em fevereiro, um novo pavimento na pista da direita foi feito. Desta vez, a obra do lado esquerdo deve durar aproximadamente 30 dias, de acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas. Para os motoristas que precisam passar pela Visconde de Guarapuava, é importante reduzir a velocidade e respeitar a sinalização de trânsito e da obra.

De acordo com a prefeitura, a pavimentação da avenida faz parte do programa de recuperação da malha viária de Curitiba, que iniciou em 2017 e fez 745 obras de melhora de asfalto em 653 ruas da cidade. Algumas das vias receberam mais de intervenção.

Rotas alternativas

Para desviar do trecho de obras da Avenida Visconde de Guarapuava, o motorista pode utilizar as Ruas Ubaldino do Amaral e Almirante Tamandaré e entrar diretamente na Rua Marechal Deodoro, rumo ao centro.

É possível ainda seguir pela Rua Comendador Macedo até a Rua Tibagi, para voltar pela Visconde de Guarapuava pelo lado direito que já foi asfaltado. Também é possível seguir até as avenidas Iguaçu ou Sete de Setembro para chegar ao Batel.

VIU ESSA? – “Lockdown pode acontecer sim, se as medidas não surtirem efeito”, alerta prefeito da RMC

Para quem vem do Jardim Botânico pela Avenida Prefeito Omar Sabbag, uma opção para seguir até o Centro é pela Rua Engenheiros Rebouças. Há também a possibilidade de seguir pela Rua Ubaldino do Amaral e entrar diretamente na Avenida Affonso Camargo e depois pela Avenida Sete de Setembro, em direção ao centro.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?