Os motoristas que passam pela Avenida Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba, terão que ter paciência nesta segunda-feira (10). Uma das principais vias da cidade, a Visconde terá o asfalto trocado. A previsão é de que a obra leve de 30 a 45 dias, se não chover. A prefeitura de Curitiba informou, na manhã desta segunda-feira, que os bloqueios já foram instalados na via e que o serviço de raspagem do asfalto atual deve começar ainda nesta manhã, por volta das 10h, com uma hora de atraso do horário previsto.

A pavimentação será no trecho de 3,7 km entre os cruzamentos com as ruas General Carneiro e Cândido Xavier. As obras serão inicialmente nas duas faixas da direita, ficando as demais quatro faixas, incluindo os dois lados do canteiro, liberadas para o trânsito.

A aplicação do novo asfalto será feita das 9h às 17h de segunda a sexta-feira e das 8h às 13h aos sábados. As 19 linhas de ônibus que passam pela avenida não terão suas rotas desviadas.

Foto: Arquivo/Cassiano Rosário/Gazeta do Povo.

LEIA+ Buggy elétrico feito em Curitiba é carregado na tomada comum e chega aos 140 km/h

Para tentar organizar o trânsito, que normalmente já é bem complicado na avenida nos horários de pico, a Superintendência de Trânsito (Setran) fará um esquema especial para orientar os motoristas. Entretanto, a principal orientação é para que os motoristas evitem passar pela Visconde de Guarapuava enquando o asfalto estiver sendo trocado. Além dos agentes de trânsito, placas serão instaladas para orientar os motoristas.

Obra na volta às aulas

No Facebook, muitos leitores da Tribuna questionaram por que a prefeitura não fez a troca do asfalto na Visconde no período de férias escolares. De acordo com a própria Setran, desde quarta-feira (5), quando a maioria das escolas e faculdades voltou às aulas, o fluxo de carros nas ruas de Curitiba aumentou 30%.

Pela assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) explica que a prefeitura é obrigada a obedecer os prazos de licitação, bem como da execução da obra. Segundo a pasta, este cronograma bateu no período em que as aulas já retornaram. “A prefeitura pede desculpa pelos transtornos, que é momentâneo para melhorar a cidade”, reforça a pasta.

Caminhos alternativos

Os aplicativos Waze e Google Maps vão mostrar caminhos alternativos para os motoristas desviarem a Visconde.

Quem vem do Alto da XV, pode entrar diretamente na Marechal Deodoro rumo ao centro ou então pela Comendador Macedo até a Rua Tibagi, para aí voltar para a Visconde depois do trecho em obras ou seguir até a Av. Iguaçu ou a Sete de Setembro.

Há também a opção de seguir pela Rua Ubaldino do Amaral e entrar diretamente na Presidente Affonso Camargo e depois na Av. Sete de Setembro, seguindo no sentido do Centro.

Já quem vem do bairro Jardim Botânico, pela Avenida Omar Sabbag, a melhor dica é ir em direção ao centro pela Avenida Engenheiros Rebouças.

Confira como está o trânsito em Curitiba