Com o propósito de tornar as viagens mais seguras, a Uber lançou nesta quarta-feira (4) uma ferramenta para limitar em no máximo 12 horas o tempo dirigido dos motoristas parceiros em todo o país. Caso o motorista insista em realizar corridas, o motorista será automaticamente desconectado e não poderá usar mais o aplicativo por seis horas.

LEIA TAMBÉM Sugestões de melhorias pro ferry boat de Guaratuba têm prazo estendido

A medida, que já entrou em vigor em outros países, faz parte de uma série de ações que estão sendo preparadas para a campanha do Maio Amarelo, que visa a conscientização dos motoristas para dirigir com prudência e segurança.

Para o diretor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Uber no Brasil, Marcello Azambuja, a empresa vem investindo cada vez mais em soluções tecnológicas para trazer mais segurança na mobilidade urbana. “A plataforma pode ter um impacto positivo na segurança do trânsito, este é principalmente um trabalho de prevenção”, afirmou.