A Universidade Federal do Paraná (UFPR) divulgou nesta quinta-feira (30) a primeira chamada complementar do Vestibular 2020/2021. Dos 31 candidatos que haviam sido retirados da lista de aprovados na primeira chamada, 11 conseguiram a vaga nesta chamada complementar – três deles no curso de Medicina, o mais afetado pela falha de processamento da primeira lista de aprovados.

Para o curso de Medicina, que teve 21 candidatos “desaprovados” após a lista original, agora foram chamados três candidatos em cada um dos campi de Curitiba e Toledo. Em Direito, um dos dois candidatos excluídos na primeira chamada foi convocado agora. Os estudantes que haviam perdido a vaga em Biomedicina, Medicina Veterinária, Fisioterapia e Odontologia foram chamados agora. Um em cada curso.

LEIA TAMBÉM:

> Vestibular da UFPR 2022 está com inscrições abertas; saiba como e quando será a prova

> “Impossível”: reitor da UFPR diz que tentou evitar cortes em lista retificada após erro

> Paraná prorroga medidas de enfrentamento à covid-19 por mais 15 dias

Dos sete candidatos representados pelo advogado Eliezer Perszel Correia de Freitas em uma ação judicial contra a UFPR, dois conseguiram a vaga no curso de Medicina no campus de Curitiba. Segundo ele, a reitoria da UFPR teria sinalizado de forma positiva ao pedido para que o período de chamadas complementares seja estendido para dar a oportunidade dos “desconvocados” de entrarem na turma a ser formada no começo do ano que vem.

“São turmas diferentes, que começam no primeiro e no segundo semestre. Não estava previsto no edital, e nós estamos pedindo que a UFPR estenda esse período das chamadas complementares para que esses estudantes sejam chamados para ocupar as eventuais vagas ociosas também no segundo semestre, o que deve ocorrer entre janeiro e fevereiro de 2021”, disse.

De acordo com o advogado, o fato de o vestibular da UFPR ter sido feito em uma data distante de outros concursos fez com que fossem chamados menos candidatos na chamada complementar. “Se não me engano, no ano passado foram chamados 14 candidatos nas chamadas complementares [do curso de Medicina]. Muitas dessas vagas foram abertas por outros estudantes que passaram na Unesp, USP, UFSCar e em outras universidades. Este cenário, desta vez, não se concretiza porque estes outros vestibulares já se realizaram há algum tempo”, explicou.

Web Stories

Pega Pega

Treta! Nelito dá um soco em Julio por causa de Cíntia

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Gigante!!

Nova Havan será quatro vezes maior que a loja que será abandonada em Curitiba

Pra curtir!

Novas atrações turísticas de Curitiba! Partiu conhecer?