Após modernizar o atendimento da Receita Estadual, transferindo boa parte dos serviços para a internet, o Governo do Paraná vai fechar 20 agências em todo o Estado. Só na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), serão três unidades que terão atendimento encerrado a partir do dia 1º de outubro, em Araucária, Colombo de São José dos Pinhais.

As agências que serão fechadas foram escolhidas entre as de menor movimento, já que todos os atendimentos podem ser feitos pela internet. Por isso, o número de pessoas que ainda procuram atendimento presencial nas agências da Receita diminuiu muito. “A tendência é cada vez mais atuarmos via internet. O Estado precisa otimizar recursos, utilizar tecnologia para prestar serviços com mais qualidade e enxugar estruturas caras e pouco funcionais nos dias de hoje”, avalia Moraes.

+Leia também: Meteoro atingiu o Paraná e assustou moradores! Este não foi o primeiro!

Economia

De acordo com informações do Governo, a proposta faz parte do programa de modernização da Secretaria de Estado da Fazenda, que prevê também economia de recursos e a adequação da estrutura do órgão aos serviços hoje oferecidos via internet e ao número de servidores disponíveis. De acordo com o secretário estadual da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia, a medida vai proporcionar economia de R$ 867 mil nas despesas anuais dessas unidades, recursos gastos apenas com limpeza, vigilância, energia elétrica, água, telefone, internet e reprografia.

Os 47 profissionais que trabalham nessas unidades – 19 auditores fiscais e 28 agentes fazendários – serão remanejados para reforçar os trabalhos de outras agências ou para as delegacias regionais. Apenas um dos imóveis, o de Medianeira, não é próprio do Estado, e essa despesa será encerrada com a desativação. Os demais 17 poderão ser cedidos a outros órgãos do Governo que hoje ocupam imóveis alugados. De acordo com o diretor da Receita, Luiz Moraes Junior, já há vários interessados, o que poderá trazer grande economia para o Estado.

+Leia também: Baleia Jubarte com oito metros aparece morta no litoral do Paraná

Outras unidades

Além das unidades da RMC, também serão fechadas as agências de Guaratuba, Rio Negro, Arapoti, Castro, Telêmaco Borba, Laranjeiras do Sul, Pitanga, São Mateus do Sul, Arapongas, Rolândia, Palotina, Medianeira, Toledo, Barracão, Loanda, Paranavaí e Capanema. As dez delegacias regionais serão mantidas, para garantir a presença do fisco em todas as regiões do Paraná.

Empresário de Curitiba adapta autoescola pra quem vai tirar CNH e tem deficiência