O datacenter da Universidade Positivo foi alvo de um ataque cibernético nesta quarta-feira (7). Por causa da invasão no sistema, a instituição resolveu de forma preventiva indisponibilizar o sistema e site que estavam no ar. O ataque impactou também os serviços da instituição, que ainda utiliza os mesmos sistemas. Segundo a universidade, a previsão é de que o site volte a funcionar o mais rápido possível assim que todo o sistema estiver seguro novamente.

LEIA TAMBÉM50 escolas do Paraná devem retornar às aulas em outubro. Veja em quais regionais!

Com o site fora do ar, o acesso a protocolos, notas e frequências dos alunos estão indisponíveis. Para acessar o ambiente virtual de aprendizagem D2L, a universidade disponibilizou o link http://up.brightspace.com/d2l/home. O aluno pode acessar esse sistema com o mesmo usuário e senha que já utiliza no portal da UP.

Em nota, a universidade informou que uma investigação está sendo conduzida pela polícia, para identificar os possíveis responsáveis da invasão. A plataforma AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) de ensino à distância não foi prejudicada com o ataque cibernético.

Por causa da falha no sistema, a instituição informou ainda que o vencimento da mensalidade de outubro – para os alunos que ainda não efetuaram o pagamento – será prorrogada para o dia 20 deste mês.