Todas as UPAs de Curitiba vão virar unidades para internamentos de covid-19, e algumas unidades básicas de saúde passarão atender casos de urgência e emergência. A medida que, será implementada até a próxima segunda-feira (31), faz parte das ações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) neste período crítico da pandemia. Nesta sexta-feira (28) um novo decreto municipal determinou a mudança para a bandeira vermelha em Curitiba.

LEIA TAMBÉM:

>> Ao vivo! Prefeitura explica detalhes da nova bandeira vermelha em Curitiba!

>> Empresário fecha restaurante e dispara: “Genocidas de CNPJs”

Segundo a secretaria, as mudanças começam nesta sexta-feira pela UPA Pinheirinho, que ficará fechada para atendimento direto das 7h às 20h. Fora desse período atenderá apenas casos graves.

Para absorver a demanda do Pinheirinho, as unidades básicas Ipiranga e Sagrado Coração passarão atender casos de urgência e emergência, no período das 7h às 20h.

Já os atendimentos clínicos de gestantes e crianças e as vacinações de rotina e da gripe serão direcionados para as outras unidades da região: Fanny, Lindoia, Concordia, Vila Leão e Vila Clarice e Vila Machado.

As demais unidades básicas que passarão a atender como UPAs ainda serão definidas pela Secretaria Municipal de Saúde.  

Como fica a mudança da UPA Pinheirinho

Das 7h às 20h: fechada para atendimento direto. Nesse período, os casos graves de urgência e emergência serão atendidos nas Unidades Básicas de Saúde Ipiranga e Sagrado Coração

As demais unidades básicas da região continuam atendendo normalmente casos clínicos. São elas: Unidades Fanny, Lindoia, Concordia, Vila Leão e Vila Clarice e Vila Machado.