A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo de 2020 começou nesta segunda-feira (10) e vai até 13 de março. A campanha foca nesta primeira etapa o público entre 0 e 19 anos. Entretanto, como no Paraná a faixa etária de 20 a 29 anos é a mais acometida pelo sarampo, o estado tem um público maior como alvo da vacianação, de 5 a 59 anos.

Para as idades entre 5 e 19 anos e dos 30 aos 50 anos a vacinação é seletiva. É preciso levar a carteirinha de vacinas para verificação, pois somente será imunizada a pessoa que nunca recebeu a dose ou que esteja com o esquema vacinal incompleto. A população com até 29 anos deve receber duas doses da vacina. E para as pessoas que estão no grupo com idade entre 30 e 49 anos basta ter o registro de uma dose.

LEIA+ MP libera R$ 11,2 mi para Defesa usar na operação de combate a coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) tem 1,245 milhão de doses da vacina.  “O objetivo desta campanha é interromper a circulação do vírus e garantir alta cobertura vacinal no Estado, que hoje está com cerca de 90% para as crianças de um ano quando o ideal seria de 95% em todas as faixas etárias”, afirma o secretário de Saúde Beto Preto. O próximo sábado (15) será o dia  D da campanha de vacinação contra o sarampo.

Em Curitiba, a vacinação é em 110 postos de saúde, de segunda a sexta-feira, em horário comercial. O balanço mais recente aponta 496 casos de sarampo em Curitiba de agosto de 2019 até 6 de fevereiro de 2020.