“Vai ser muito difícil, éramos apenas nós duas”. Essas foram as palavras de Eloá de Lurdes, mãe de Samantha Mantovani Muniz, de 35 anos, assassinada nesta quinta-feira (24), dentro de um ônibus da linha Centenário/Campo Comprido, no bairro Mossuguê, em Curitiba. Wesllen Vitorino de Araújo Silva, apontado pela polícia como suspeito do crime segue foragido, pelo menos até a publicação desta reportagem. As palavras emocionantes foram ditas por Eloá no velório da filha, nesta sexta-feira (25), ao telejornal Meio Dia Paraná, da RPC.

“Vai ser muito, muito difícil, porque depois eu vou olhar pras coisas dela e ela não vai estar mais lá. Vou olhar para os livros que ela gosta a de ler, ela gostava de cantar. A gente morava junto, conversava. A gente as vezes se estranhava, mas isso é normal. Vai ser muito difícil, éramos nós duas só, filha única, éramos nós duas”, disse a mãe extremamente emocionada no velório de Samantha.

Samantha era muito querida entre familiares e também pelas amigas, que destacaram a personalidade bondosa da jovem. “Sempre uma pessoa doce, gentil, defensora, justiceira. Não era uma pessoa do mal, de maneira alguma”, disse Graziele Brito, amiga de Samantha.

Suspeito já responde por outro crime no Xaxim

Segundo o delegado Thiago Nóbrega, que investiga o caso, Wesllen Vitorino de Araújo Silva é natural de Juazeiro do Norte, no Ceará, e já chegou a ser preso por outro crime ocorrido contra um colega de quarto também com golpes de faca.

“Foi um motivo banal, sem motivo. Ele acabou esfaqueando esse companheiro de pensão que veio a óbito, foram diversos golpes de faca. Ele chegou a ser preso na ocasião, como suspeito, mas cerca de 20 dias depois foi posto em liberdade”, disse o delegado.

O desejo de familiares e amigos de Samantha é de que o suspeito seja preso o quanto antes. “Esperamos que a justiça seja feita e não sabemos quando isso vai acontecer, nem de que maneira. A polícia prende, mas a justiça solta. É muito triste isso. Esperamos que agora ele fique preso, mesmo sabendo que isso não vai trazer ela de volta. Não vamos mais poder ouvir ela cantar, nem conviver com ela, mas esperamos que nenhuma outra família sofra o que estamos sofrendo hoje”, reforçou a amiga.

Wesllen Vitorino está sendo procurado pelo assassinado te uma mulher dentro de um ônibus de Curitiba.
Wesllen Vitorino está sendo procurado pelo assassinado dentro de um ônibus de Curitiba. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia