O feriado prolongado – quatro dias – deste Dia do Trabalho registrou grande movimentação nas estradas que cortam Curitiba na saída. Assim, a volta, nesta terça-feira (1), promete registrar períodos de pico, o que pode provocar filas e lentidão nas vias e dificultar o acesso à cidade.

As rodovias que ligam a cidade ao litoral paranaense (BR-277), catarinense (BR-376), ao interior do estado (BR-277) e ao interior de Santa Catarina e São Paulo (BR-116) devem experimentar movimento até 50% maior em relação a dias normais, segundo as concessionárias que administram as estradas.

Na volta do feriado, a movimentação deve registrar aumento pico entre 19h e 20 horas.

Devido ao bloqueio da BR-376 sentido Curitiba, na tarde de terça, em protesto pela construção de uma passarela, a movimentação na estrada está mais lenta que o normal, com cerca de cinco quilômetros de filas na região de São José dos Pinhais, nas imediações do km 633.

Siga o movimento em tempo real:

Acompanhe pelo Twitter