A capital paranaense ganha uma nova opção de aplicativo de mobilidade urbana, com o início das operações da Vaide10 – plataforma que conecta passageiros a motoristas e opera com taxas menores para os passageiros, por não adotar o modelo de tarifa dinâmica. Além de operar com taxas menores, ela reverte parte da arrecadação para instituições sem fins lucrativos.

LEIA TAMBÉM:

>> Leilão da PRF tem Honda City, pick up L200 e até caminhão! Veja alguns achados!

>> Procurando o que fazer? Conheça cinco lugares pouco conhecidos de Curitiba

>> Com mais de 11,5 mil casos ativos, Curitiba abre dez unidades exclusivamente para casos de sintomas respiratórios

“Queremos levar aos curitibanos uma opção mais vantajosa de mobilidade urbana, algo extremamente necessário no cenário atual de alta da inflação e dos combustíveis, ao mesmo tempo em que possibilitamos aos motoristas maior potencial de ganho”, explica Cleverson Rizinesk, um dos criadores da Vaide10, em nota.

Com essa filosofia, além de beneficiar o consumidor, a plataforma oferece uma fonte de renda aos motoristas com potencial de ganho maior, já que que na Vaide10 eles são impactados por taxas de desconto (pelo uso da plataforma) menores.

“Criamos a Vaide10 pensando em toda a comunidade de Curitiba e não apenas em nós. Nossa cidade merece uma plataforma pensada especialmente para a realidade dela e de seus moradores e que opere com foco em valores justos. Por isso, oferecemos preços mais competitivos aos consumidores; menor taxa de desconto para os motoristas; e ainda doamos parte de tudo o que arrecadamos”, diz Carlson Weber Filho, também um dos criadores da empresa.

A cada R$ 10,00 do valor líquido da corrida, R$ 3,00 são doados para instituições atuantes na área de saúde e reconhecidamente importantes por atuar na manutenção do bem-estar da população de Curitiba. O valor líquido é calculado considerando o total pago pela corrida menos o valor estimado a ser pago ao motorista e os impostos.

O próprio passageiro escolhe para qual entidade quer destinar a doação relativa à sua corrida. Entre as opções, estão a Apae, Hospital Ernesto Gaertner e a ONG Falando sobre o Autismo. Outras entidades podem receber a doação. Basta que elas se cadastrem pelo site Vaide10.com.br. O aplicativo que dá acesso à plataforma pode ser baixado para aparelhos que operam nos sistemas Android ou Apple.

Pantanal

Zuleica está preocupada com Marcelo

Instagramáveis

Saiba onde encontrar as lindas cerejeiras em Curitiba

Novidades da Netflix

Volume 2 de Stranger Things 4 e mais séries e filmes chegam nesta semana

Além da Ilusão

Joaquim termina seu noivado com Isadora