Vândalos causaram uma série de danos na madrugada de sábado (3) para domingo (4) em quatro pontos de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. O letreiro com o nome da cidade foi derrubado e ficou com marcas de pisadas. A prefeitura estima um prejuízo de R$ 30 mil. A Guarda Municipal investiga e câmeras de segurança podem ajudar na prisão dos envolvidos.

O vandalismo aconteceu em quatro lugares diferentes. O Largo Bom Gourmet, um pátio na Rua Grécia onde food trucks vendem alimentos, teve a iluminação quebrada, além de depredação da parte elétrica. Na rua da Igreja, um dos pontos mais tradicionais da cidade, os vândalos depredaram o patrimônio público. No Parque Verde, o letreiro com o nome Fazenda Rio Grande, onde muitos moradores costumam tirar fotos, foi derrubado.

LEIA MAIS – “Faço tudo por ele e vou até o fim”, diz mãe de criança com doença raríssima. Família pede ajuda!

Ainda ao lado da prefeitura, o castramóvel teve a parte elétrica danificada. O veículo adaptado para procedimentos veterinários de castração de cães e gatos foi adquirido pelo município em agosto e dois meses depois já está depredado. A prefeitura pretende castrar 960 animais por ano no veículo, que agora vai ter que ser consertado.

“São pontos considerados cartões postais da cidade e que as pessoas visitam para fazer fotos. Colocamos letreiros e iluminação e todos foram danificados. No Parque Verde, a placa foi colocada há dez dias e estava muito bem fixada. Teve um vendaval, mas nas letras tem marca de pisada. Foi uma ação organizada com prejuízo alto pro município”, lamenta o secretário de Comunicação de Fazenda Rio Grande, Eduardo Freyer de Azevedo.

A Guarda Municipal tenta encontrar os responsáveis pela depredação em imagens de segurança. Vandalismo e depredação ao patrimônio público ou privado é crime e prevê prisão de um a seis meses ou multa.