Vizinhos e amigos dos feridos na explosão de um apartamento no bairro Água Verde, em Curitiba, que aconteceu neste sábado (29), organizaram uma vaquinha virtual para contribuir com as vítimas. No acidente, um menino de 11 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

As doações podem ser feitas online, pelo site Vakinha. O primeiro objetivo era arrecadar R$ 10 mil, alcançado já na manhã deste domingo (30). Depois, a meta foi aumentada para R$ 25 mil. Atualmente, a meta é de R$ 40 mil, sendo que R$ 34 mil já forram arrecadados até a manhã desta segunda-feira. O valor será repassado à família.

Itamar de Augusto de Backer, criador da vaquinha, contou que torce pela recuperação dos amigos. “É impressionante a solidariedade das pessoas”, contou.

O acidente

Um apartamento na Rua Dom Pedro I esquina com a Rua Marquês do Paraná, no Água Verde, sofreu uma forte explosão na manhã deste sábado (29). As informações do Corpo de Bombeiros é que estava sendo feita a impermeabilização do sofá da residência, procedimento que pode ter riscos quando utiliza produtos inflamáveis. Vizinhos do edifício, policiais e bombeiros de folga controlaram incêndio no Água Verde.

Os danos à estrutura do prédio ainda estão sendo avaliados por engenheiros da Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), órgão da prefeitura de Curitiba, que interditou o local por precaução.

+ Desespero, horror e impotência: vizinhos contam o que viveram após explosão em apartamento

Outras ações

Mais ações solidárias estão sendo realizadas pelos moradores do bairro. De acordo com Paulo Roberto Santos, presidente do Conselho Comunitário do Água Verde (Conseg), bandeiras e faixas pretas estão sendo colocadas por moradores em suas sacadas em sinal de respeito à morte do menino de 11 anos. “Também pretendemos criar um grupo de brigada para situações de incêndio e calamidade no bairro”, disse.

Quais cuidados devemos tomar com a impermeabilização de sofás?