Um vazamento de água provocado por um rompimento de um cano fez a Rua Paranaguá, no bairro Portão, em Curitiba, se transformar numa grande cachoeira. Apavorados com tamanho desperdício, os moradores da região entraram em contato com a Sanepar, para que a companhia resolvesse a situação o mais rápido possível.

“Liguei para a Sanepar e deram o prazo de um dia para resolver. Eu disse, ‘pelo amor de Deus, com a falta de água e com o rodízio, vocês da Sanepar dão um dia de gasto de água para resolver um problema desses?'”, disse, indignada, a psicóloga Solange Maria Melnyk Oresten, 61 anos, moradora da região.

LEIA TAMBÉM:

>> Fila imensa chama atenção no Centro de Curitiba. Saiba o que aconteceu!

>> BR-277 terá manutenção com interdição neste fim de semana, na região de Curitiba

Solange viu a água invadir a garagem da sogra, que ficou apavorada com a quantidade de água. “Acidentes acontecem, podem acontecer. Mas aí a empresa tinha que vir e suspender [o abastecimento], pra não poder ter esse gasto todo, desperdício”, explicou a psicóloga.

No mesmo lugar, no início do ano, um rompimento na tubulação causou um outro grande vazamento. “Todos os vizinhos aqui da região estão indignados da mesma forma. Como podem deixar desperdiçar tanta água com esse racionamento?”, questiona a moradora.

Em resposta a reportagem da Tribuna, a assessoria da Sanepar informou que uma equipe de técnicos chegou no local por volta das 15h40 para fazer o conserto na tubulação. Técnicos devem avaliar, fechar o registro e fazer o conserto. Segundo a Sanepar, a previsão é de que o reparo na região encerre até às 20h40.

Segundo moradores, o vazamento na região encerrou por volta das 16h30.

Web Stories

Novidades!

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Economia

Cachorro deprimido? Conheça 5 sinais da doença

Natal em Curitiba

Caminho de Luz Curitiba – saiba como fazer a inscrição!

Nos Tempos do Imperador

Solano Lopez declara guerra ao Brasil