Carros novos, dirigidos apenas por mulheres, com água e balas ou com foco em sustentabilidade. Essas são algumas das opções de atendimento oferecidas por cinco dos serviços de transporte privado por aplicativo que atuam em Curitiba. Isso significa que, depois da pioneira Uber iniciar os serviços na cidade, em 2016, hoje solicitar um carro usando o celular é uma experiência muito mais personalizável – a depender das necessidades do passageiro.

As possibilidades começaram a aumentar especialmente depois da regulamentação dos apps na cidade, em julho de 2017. O decreto 1.302 da prefeitura de Curitiba estabelece uma série de regras, entre elas que a administração municipal tenha todas as informações sobre cada corrida e que os motoristas tenham certidão negativa de antecedentes criminais.

Mas alguns meios de customizar os serviços dos apps já existiam e acabavam ficando escondidos na interface, além de que novos apps muitas vezes não são testados por quem já está acostumado com um dos serviços. Veja a lista dos aplicativos que atuam na cidade e dos serviços que oferecem:

Cabify

Em Curitiba desde o início 2017, a Cabify é uma empresa espanhola que bate a adesão da população à Uber em alguns países da Europa. Um de seus grandes diferenciais é a personalização do trajeto diretamente no aplicativo: é possível escolher a estação da rádio e a intensidade do ar-condicionado antes de entrar no carro. Além disso, a Cabify tem garrafas de água personalizadas entregues aos passageiros por todos os motoristas.

EcoDrivers

A EcoDrivers é uma das mais recentes empresas de mobilidade por aplicativo a iniciar os serviços em Curitiba – cidade onde a marca foi desenvolvida e nasceu, em agosto do ano passado. Fora o diferencial de ser uma iniciativa local, empresa tem como premissa a sustentabilidade, tanto ambiental, quanto da sociedade e do negócio. A organização afirma realizar qualificação frequente de seus motoristas e, em breve, promete oferecer atendimento exclusivo por mulheres para o público feminino.

Frida Karro

Um dos principais pontos polêmicos sobre o uso de aplicativos de transporte, a segurança promete ser um item garantido pelo Frida Karro. O aplicativo, que é curitibano, surgiu em 2017 com uma proposta bem clara: oferecer o serviço de transporte privado por aplicativo apenas com motoristas mulheres. Isso leva em conta, de acordo com os proprietários da empresa, o receio devido a notícias de abusos durante o trajeto. Outro diferencial da marca é um botão de pânico no aplicativo, que aciona um serviço de segurança armada que está disponível 24 horas.

Uber

Primeira marca de transporte privado do mundo, a Uber tem como principal vantagem a quantidade de categorias oferecidas ao usuário. Em Curitiba, são três tipos diferentes de atendimento. A categoria mais usada é a UberX, cujo carro deve ser do ano 2008 ou mais novo, ter 4 portas, 5 lugares e ar-condicionado. A modalidade UberSELECT exige carros do ano 2012 ou mais novo, além de 4 portas, 5 lugares e ar-condicionado. E por último a UberBLACK, que demanda carros de ano 2011 em diante ou mais novo (varia de acordo com o modelo); além de 4 portas, 5 lugares, ar-condicionado, bancos de couro e aceita apenas veículos Sedan e SUV na cor preta.

99

Antiga 99Táxis, a 99 é uma empresa brasileira. Além da modalidade 99Pop, que tem foco em economia, a marca oferece o serviço 99Top, que são carros pretos com alto padrão de conforto – e, consequentemente, preços mais altos. Uma das vantagens garantidas pela empresa é o processo de seleção de motoristas, que ajudaria a garantir a qualidade do atendimento. Além disso, o app é um dos mais econômicos entre os cinco: o preço do quilômetro rodado é de R$ 1,20.