Para conter a transmissão do novo coronavírus, os velórios e sepultamentos das vítimas da Covid-19 devem seguir orientações não só do Serviço Funerário Municipal e da Secretaria do Meio Ambiente, mas também da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Curitiba. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, até a tarde desta quarta-feira (1.°), a capital tinha 99 pacientes infectados e nenhum óbito por coronavírus.

De acordo com o protocolo da prefeitura, os velórios nas capelas municipais devem durar o menor tempo possível, no máximo quatro horas, e com no máximo dez familiares. Do lado de fora da capela, deve ser evitada ao máximo a aglomeração de pessoas. Ao entrar e sair, a higienização das mãos deve ser feita com álcool gel.

LEIA TAMBÉM Pegou coronavírus? Saiba como agir sem desespero

A prefeitura também ressalta que as pessoas que comparecerem ao velório devem seguir a orientação de distanciamento de ao menos 1,5 metro, além de manter as portas e janelas abertas. Como medida de segurança, idosos com mais de 60 anos, pessoas com doenças crônicas e com suspeitas ou confirmadas com coronavírus não devem comparecer aos velórios.

O caixão deve permanecer fechado durante toda a cerimônia para evitar a proliferação do vírus. Estão proibidos velórios em residências.

VEJA TAMBÉM – Vai ao mercado? Veja dicas para se manter seguro contra o coronavírus

Na cerimônia de sepultamento, o número de pessoas pode ser maior do que dez, já que os cemitérios municipais são abertos. Porém, é preciso manter a medida de segurança da distância de 1,5 metro entre as pessoas. O sepultamento deve ser rápido.

Serviço Funerário

O protocolo da prefeitura para serviços funerários também trata de todas as orientações quanto à remoção do corpo, liberação, preparo e transporte. Como se tratam de caso de doença infecciosa, fica vedada a conservação e translado do corpo para outro município.

Para a liberação do corpo, deve comparecer ao serviço funerário da prefeitura no máximo dois parentes que não tiveram contato com a pessoa falecida. A medida visa proteger a saúde dos servidores da prefeitura.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: