A Câmara Municipal encaminhou à prefeitura de Curitiba uma sugestão de simplificação na emissão de alvarás de eventos. A indicação de ato administrativo pede à prefeitura que reduza o número de documentos e para emissão de alvarás de eventos. A petição também solicita mais agilidade, com informatização da emissão a partir de guias on-line.

LEIA TAMBÉM:

> Variante delta do coronavírus já é quase metade dos casos da doença no Paraná, revela UFPR

> Escultura do Jardim Botânico de Curitiba que encanta visitantes é retirada pra manutenção

Agora dá pra visitar o Mercado Municipal de Curitiba sem sair de casa. Veja o tour virtual

“O setor de eventos, que mais sofreu com o impacto econômico da pandemia, terá que contar com ajuda do poder público para retomar o crescimento e voltar a gerar empregos e renda”, justifica o vereador Pier Petruzziello (PTB) na petição encaminhada ao prefeito Rafael Greca (DEM).

Petruzziello afirma que na sequência deverá ser proposta uma nova legislação para promoção e realização de eventos de grande porte – com público a partir de mil pessoas em locais fechados e 2 mil em locais abertos, conforme a legislação municipal. Na opinião do vereador, a legislação atual que rege a área está defasada: a lei municipal 10.906 de 2003 e o decreto 207, de 2004. “A lei como está é absolutamente prejudicial ao setor de eventos de Curitiba porque é muito antiga”, comenta o vereador no portal da Câmara.

Nova novela

Conheça o elenco principal de Pantanal

Quanto Mais Vida, Melhor

Flávia/Guilherme beija Guilherme/Flavia

Além da Ilusão

Eugênio desmaia em cima de Violeta

Poliana Moça

Renato chega à escola por indicação de Helô