Não bastasse a tragédia que causou a morte de seis pessoas num grave acidente na BR 153, altura do km 356, no município de Rebouças, região dos Campos Gerais, a viatura do Instituto Médico Legal (IML) que transportava os corpos capotou em um novo acidente.

A primeira colisão aconteceu por volta das 22h da última sexta-feira (09) e envolveu um Ford Fiesta modelo sedan, com placas de Teixeira Soares, e um caminhão carregado com toras de madeira, com placas de Bocaiúva do Sul. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro seguia na direção do município de Rio Azul, quando invadiu a pista contrária e acabou colidindo frontalmente com o caminhão, que vinha sentido Irati.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Primeiro acidente. Foto: Colaboração / RedeNews
Primeiro acidente. Foto: Colaboração / RedeNews

Com a batida, o Fiesta – que era ocupado por 6 pessoas – foi lançado para fora da pista e o caminhão tombou na mesma direção. Houve necessidade de interdição de uma faixa para atendimento do acidente e nenhum dos ocupantes do veículo sobreviveu.

Submetido ao teste do bafômetro, o condutor do caminhão não apresentou indícios de consumo de bebida alcoólica. Tanto o motorista, de 24 anos, quanto a passageira que o acompanhava, de 21, sofreram ferimentos leves e foram encaminhados a um hospital em Irati, em estado emocional bastante abalado.

Uma viatura do IML foi acionada para realizar o recolhimento dos corpos das vítimas porém, logo após o atendimento, também acabou se envolvendo em um acidente. Conforme a PRF, a viatura acabou capotando enquanto seguia no sentido Ponta Grossa, por volta das 2h, e outro veículo da frota precisou ser chamado para prestar apoio à ocorrência. O motorista não se feriu e as vítimas doa acidente foram encaminhadas ao IML de Ponta Grossa para identificação.

Família Riqueza: festa de aniversário de Allana Brittes custou R$ 30 mil