O mês de julho de 2021 ficou marcado pela aparição de animais em Curitiba e no litoral do Paraná. Uma baleia jubarte de sete metros apareceu morta em Balneário Shangrilá, em Pontal. Além disso, uma onça foi procurada pela Polícia Ambiental no bairro Fazendinha, em Curitiba, e teria sido responsável pelo desaparecimento de um cachorro. Bora relembrar essas e outras notícias que mais chamaram a atenção dos leitores da Tribuna do Paraná?

>> Retrospectiva de janeiro de 2021 tem swing em restaurante, paranaense entre as mulheres mais lindas do mundo e mais! Confira e relembre

>> Em fevereiro de 2021 bombou o “Mimimi no juvevê”, a treta no Largo do Ordem e mais! Veja a mais lidas

O sétimo mês demonstrou que o Paraná ganharia um centro de distribuição de um gigante do varejo. A Magazine Luiza locou galpão em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. O espaço tem uma área bruta de mais de 47 mil metros e estava anteriormente ocupado pela empresa de logística DHL.Em julho, tivemos aquele frio de lascar. Teve alerta da MetSul Meteorologia que apontou que a friaca seria uma das intensas do século e que poderia chegar a -5ºC e -6ºC no Sul do Brasil. Em Curitiba, tivemos a temperatura negativa, mas não atingiu o que era esperado.

Município de Araucária. Foto: Carlos Poly / divulgação Prefeitura de Araucária.


>> Lockdown, caminhões de ‘cinema’, Mercadorama e as matérias mais lidas em março em Curitiba; relembre

>> Capivaras conquistam a internet, Greca sofre AVC e pandemia “dá trégua” em abril de 2021; relembre

>> Serial killer em Curitiba, vacinação de adultos e restrições da pandemia na retrospectiva de maio 2021

E do céu apareceu no mês de julho uma fumaça preta. A princípio, imaginou-se um incêndio de grandes proporções na região do bairro Água Verde, próximo da Arena da Baixada, mas que não se confirmou. A fumaça veio de Araucária, da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar). A explicação é que a refinaria precisou realizar uma parada não programada de produção e que as chamas altas foram liberadas como parte do processo.


Ainda no mês, a carcaça de uma baleia jubarte foi encontrada em estado avançado de decomposição na praia do Balneário Shangrilá, em Pontal do Paraná, Litoral do Estado. O Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) acompanhou o encalhe e coletou materiais biológicos do animal. A baleia encontrada media aproximadamente sete metros e segundo análise dos pesquisadores, a baleia não apresentou marcas de rede de pesca.


Ainda na pandemia, o Restaurante Dona Ambrosina, no bairro Jardim Social, colocou o ponto à venda. De acordo com o anúncio, publicado nas redes sociais, o motivo seria a aposentadoria dos sócios. O valor para a compra é de R$1,2 milhão e o imóvel não está incluso na negociação. O Dona Ambrosina está localizado na Avenida Nossa Senhora da Luz e tem mais de 30 anos de serviço. No cardápio, massas, carnes e o buffet de sopas, conhecido como um dos mais caprichados da cidade pela variedade que impressiona todo os clientes.


No último mês do primeiro semestre no ano, os imóveis de luxo em Curitiba estavam em alta. Bairros como Batel, Campina do Siqueira, Ecoville, Cabral e Bigorrilho, tiveram um acréscimo de vendas ou locação. Em um site que oferece imóveis de alto padrão os valores passavam de R$ 1 milhão e 600 mil.


Em julho, os clubes recreativos de Curitiba e da Região Metropolitana chegaram a baixar o valor do título para atrair associados. Com a pandemia da Covid-19, os clubes tiveram prejuízos e tiveram que buscar incentivos para o retorno dos sócios.


E você lembra do balão de quase 15 metros que levava uma imagem de Jesus Cristo crucificado caindo em cima de uma casa no bairro Boqueirão, em Curitiba? Um perigo! Após a queda na residência, o fogo chegou a tomar conta de parte do artefato e deixou moradores assustados. Ninguém saiu ferido após a rápida chegada dos bombeiros e da polícia. Ah, apesar do incêndio, a imagem de Jesus ficou intacta.


Em julho, teve o caso da onça que teria arrastado um cão para dentro de uma área de mata no Fazendinha, em Curitiba. A onça foi procurada pelo Batalhão de Polícia Ambiental de Curitiba (Força Verde). Foram encontradas pegadas que estavam próximas da entrada de um matagal, mas nada do animal.


Por fim, julho terminou em chocolate. A Tribuna do Paraná visitou a maior fábrica do Mundo da empresa Mondelēz, responsável por 22 linhas de produção da fabricação de massas de chocolate, recheios, tabletes, wafer e ovos de Páscoa, que inclui ainda todo o processo de transformação e tratamento do liquor do cacau. A fábrica está localizada na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Nova novela

Conheça o elenco principal de “Poliana Moça”

Quanto Mais Vida, Melhor

Flavia/Guilherme se esconde no bar de Teca

Além da Ilusão

Davi pede desculpa a Isadora por tê-la beijado

Confira!

John Wick 2 e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix