Nesta época de final de ano a população têm que ficar ainda mais atenta com a ação de marginais e golpistas. Segundo a Polícia Civil do Paraná (PCPR) nas festas de final de ano policiais civis orientaram uma senhora que estava prestes a depositar dinheiro para os criminosos, em Matinhos, no Litoral do Estado.

+Viu essa? Filho de ex-treinador do Paraná Clube é encontrado no Amazonas

Os golpistas ligam para a vítima e dizem ter  sequestrado algum familiar dela. Eles colocam outro golpista para falar ao telefone se passando pelo refém. Em seguida pedem dinheiro para que a pessoa seja libertada. 

É importante que no momento da ligação a pessoa se mantenha calma, entre em contato com o familiar que supostamente teria sido sequestrado para confirmar a veracidade dos fatos. Em nenhum momento deve-se fazer a transferência dos valores pedidos, antes de verificar a situação e comunicar a polícia.  

Vizinha desconfiou

A idosa atendida pela Polícia recebeu uma ligação em que os marginais falaram que a filha dela havia sido sequestrada e pediram uma quantia em dinheiro. A mulher, desesperada, saiu para depositar o valor pedido, porém uma vizinha impediu que isso fosse feito de maneira imediata. No caminho, também encontrou uma policial civil que conseguiu acalmar a vítima, fazendo com que a mesma ligasse para a filha, certificando-se de que ela estava bem.

A PCPR ressalta que o mais importante nesta situação é manter a calma. Caso tenha sido vítima deste golpe, registre um boletim de ocorrência pela internet no Portal da PCPR ou presencialmente na delegacia mais próxima.