A prefeitura de Curitiba divulgou nesta terça-feira (16) de carnaval o protocolo sanitário para o retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino. As aulas têm previsão de retorno para o dia 18 de fevereiro. Segundo a prefeitura, as normas valem para estudantes e profissionais da educação. O protocolo foi elaborado por um comitê composto por 28 integrantes de diversos segmentos e validado pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal de Saúde.

Entre os principais cuidados estão o distanciamento social, uso de máscaras por crianças e profissionais, medição de temperatura na entrada das instituições, limpeza dos pés em tapetes sanitizantes, interdição de bebedouros coletivos, além de horários escalonados para intervalo. Os alunos também devem levar uma garrafinha de água, que poderá ser abastecida na escola.

+ Leia mais: Curitiba só tem vacina até sexta (19) e vereador faz apelo ao Ministério da Saúde

Outro destaque é em relação à ocupação das salas de aula. A capacidade máxima será de 50%. De acordo com a prefeitura, essa porcentagem pode variar conforme o tamanho da unidade. Por isso, a prefeitura explica que cada escola e Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) tem um comitê interno encarregado de colocar as normas em prática. Para garantir os limites dentro das salas de aula, os estudantes serão divididos em grupos.

O protocolo também trata dos equipamentos e produtos de limpeza, como tapetes sanitizantes, totens e frascos de álcool em gel, face shields e máscaras. Esses itens já foram adquiridos pela Secretaria da Educação e distribuídos às unidades. Em caso de confirmação de contágio por covid-19 em alguma das unidades, o grupo será isolado.

+ Veja também: “Ponto Ecológico” em Curitiba é tomado por mato e chama atenção

O protocolo foi apresentado oficialmente à rede de ensino em dezembro, durante videoconferência na Prefeitura de Curitiba, pelo prefeito Rafael Greca e pela secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

Para esclarecimento de dúvidas e orientações, a prefeitura pede que os pais procurem a unidade onde o filho está matriculado ou os Núcleos Regionais da Educação.

Dois formatos

O ano letivo de 2021 começará na próxima quinta-feira (dia 18), com as opções de formato híbrido (presencial + videoaulas da TV Ecola Curitiba) ou remoto (videoaulas + kits pedagógicos).

As famílias devem escolher entre um dos dois modelos. O link com o formulário está disponível na página da educação.

Após escolher a opção e validar o termo, os pais receberão no e-mail cadastrado uma comprovação do formato adotado.

Principais cuidados

– Uso obrigatório de máscara para profissionais e estudantes.

– Totens e frascos de álcool em gel disponíveis.

– Horários de entrada, saída, refeições e intervalos escalonados para evitar aglomerações.

– Interdição de bebedouros coletivos.

– Distanciamento social de 1,5 metro.

– Desinfecção de mobiliário e materiais em geral com álcool 70%.