O debate é muito positivo, e saudável, na medida em que precisamos aperfeiçoar ainda mais os caminhos adotados pela política econômica. Esta foi a resposta do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, ao ser questionado ontem a noite, após evento da Febraban, sobre a cobrança por mais ousadia do governo na área econômica feita pelo ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan.

"É um debate extremamente saudável também porque é um debate fundado sobre o sucesso", disse Meirelles, lembrando dos bons números do crescimento econômico, do investimento e da balança comercial.

Meirelles classificou ainda como "positiva" a pressão de segmentos do governo por avanços na política econômica e no desenvolvimento da economia. "É importante que o Brasil continue crescendo mais e neste aspecto a pressão é positiva. Agora, é importante que exista cada vez mais pressão por um melhor desempenho e não uma pressão para simplesmente repetir erros do passado", sublinhou. "A economia brasileira esta crescendo porque tem pilares sólidos. Em resumo, está crescendo com o pé no chão e é importante que isso seja levado para a população", concluiu.

Na avaliação do presidente do BC, é legitimo que cada pasta do governo tenha preocupação com a sua área de atuação. "O fato concreto, no entanto, é que só tem uma coisa que não podemos perder de vista: essa política econômica esta dando certo, as medidas adotadas estão dando resultado e é importante perseverar. É importante não ficarmos mudando um curso que dá certo", defendeu.

Sobre o fato de parcela da população ainda não ter sentido os efeitos dessa melhora econômica, o presidente do BC ressaltou que demanda um certo tempo as vantagens do crescimento atingirem um maior numero de pessoas. Ressaltou, no entanto, que parcela expressiva foi beneficiada este ano, tanto pelo aumento do emprego quanto da renda salarial. E que apenas um crescimento sustentado, ao longo de anos, pode propiciar esse objetivo de favorecer a maior parte da população.