A greve no Hospital das Clínicas (HC) em Curitiba foi decretada. Hoje durante uma assembléia geral, os funcionários ligados a Fundação da Universidade Federal do Paraná para desenvolvimento da Ciência , da Tecnologia e da Cultura ( Funpar) decidiram iniciar o movimento nesta segunda-feira. De acordo com o Djalma de Oliveira Pedro, diretor do Sindicato dos Trabalhadores do Terceiro Grau Público de Curitiba e Região (Sinditest-Pr), o principal motivo da  manifestação foi a falta de  negociação com a reitoria que ofereceu apenas um reajuste de 6% nos salários e nenhum acréscimo no vale-alimentação sendo que os valores proposto pela classe foi de 18,75% de aumento salarial e 26% no vale alimentação. ?É um valor muito inferior, os trabalhadores não têm como aceitar a situação ?, afirma Pedro. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)